Morre Antunes Severo, um dos principais nomes da comunicação em Santa Catarina

Severo morreu aos 85 anos; ele foi o fundador da primeira agência de publicidade do Estado, a A. S. Propague

O radialista, empresário, professor Eurides Antunes Severo morreu na tarde desta quarta-feira (22), na Capital. Aos 85 anos, Antunes foi um ícone da comunicação e do marketing em Santa Catarina. Fundou há 55 anos a primeira agência de publicidade de Santa Catarina, a A. S. Propague, que depois se transformou em Propague e passou a ser dirigida pelo publicitário Roberto Costa.

Antunes lecionou durante muito tempo na Esag (Escola Superior de Administração e Gerência) da Udesc, na área de marketing, e também na Universidade Federal de Santa Catarina e Regional de Blumenau. Foi o primeiro secretário de Comunicação do governo catarinense, na gestão de Pedro Ivo Campos (1987-1990), e prestou consultoria para inúmeras empresas catarinenses.

De espírito jovem, sempre ativo e prestativo, continuou participando de atividade acadêmicas nos últimos anos. Fundou e dirigiu o site Caros Ouvintes, especializado na memória da comunicação catarinense e foi autor de vários livros, entre eles “Caros Ouvintes – Os 60 anos do Rádio em Florianópolis”, escrito em parceria com o jornalista Ricardo Medeiros, que deu início ao site e instituto de estudo e pesquisa de mídia. Sua biografia está no livro lançado em 2012 “Antunes Severo. O menino do arroio Itapevi”, da jornalista Ana Lavratti. O corpo do radialista será velado a partir das 8h de quinta-feira (23), na Capela Marfim, do Cemitério Jardim da Paz, e o sepultamento ocorrerá as 14h. Severo deixou mulher, Nivalda Severo, cinco filhos, sete netos e quatro bisnetos. 

>> Na coluna do Carlos Damião: A capacidade empreendedora e criativa de Antunes Severo

Antunes Severo - Marco Santiago/ND
Antunes Severo foi o primeiro secretário de Comunicação do Governo de Santa Catarina – Marco Santiago/ND

Uma vida de grandes desafios

Nascido no arroio do Itapevi, distrito de Rosário do Sul, no interior do Rio Grande do Sul, em 2 de agosto de 1932, Eurides Antunes Severo passou por vários desafios na infância pobre. Criado pela madrinha após o assassinato do pai, ao voltar para a casa da mãe Severo teve o privilégio de ouvir o primeiro radinho movido a energia eólica da sua região. Lenhador até os 13 anos, num dos intervalos em que estava com a família surgiu a ideia de buscar o apoio de um primo mais abonado, poliglota e médico em Rosário do Sul. Ali, fez amizades que o levaram a trabalhar num sistema de alto-falante que fazia comerciais à noite na principal praça da cidade.

Àquela altura, ele já havia sido conquistado pela magia do rádio. Aprendeu a ler e só fez o primeiro documento de identidade ao entrar no Exército, aos 18 anos. Em 1949, passou a trabalhar na única emissora da cidade. Contudo, por conta de uma carreira militar incipiente, foi parar na Escola de Sargentos das Armas, em Três Corações (MG).

A carreira profissional no rádio começou em Rio Negro (PR), quando se desligou da vida militar. Daí para Curitiba foi um pulo, e na capital paranaense ele se consagrou comandando um programa de auditório que liderava os índices de audiência. Certo dia, com um amigo, sintonizou as ondas curtas da rádio Diário da Manhã (atual CBN Diário). Dias depois eles estavam trabalhando em Florianópolis. O ano era o de 1956. Dali em diante, ele chegou a trabalhar em Porto Alegre e Itajaí, até montar a A. S. Propague, em 1963. Vendeu a agência em 1978, fundou a ADVB/SC, mas sempre esteve ligado ao microfone.

(*Com informações de Paulo Clóvis Schmitz e do colunista Carlos Damião)

Nota de pesar

A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT lamenta o falecimento de um dos principais nomes da comunicação e do marketing em Santa Catarina: Eurides Antunes Severo. Locutor, repórter, noticiarista, produtor, apresentador, publicitário, professor, escritor e pesquisador, Antunes foi acima de tudo um apaixonado pela comunicação. Profissional que esteve à frente de seu tempo, participou da criação de entidades como ADVB/SC, Casa do Jornalista e da agência de publicidade Propague. No dia 07 de agosto de 2013, a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão concedeu a Antunes Severo a Comenda ACAERT, a maior honraria da Radiodifusão Catarinense. Pelo seu trabalho, dedicação e entusiasmo às causas que abraçou, Santa Catarina perde uma referência. Mas temos a certeza que seu legado será reverenciado, preenchendo, assim, o vazio deixado por este grande brasileiro honrado. Em nome dos associados da ACAERT, apresentamos nossa solidariedade aos parentes e amigos. (Marcello Corrêa Petrelli – Presidente ACAERT)

+

Notícias