Motorista de ônibus que arrastou jovem de 15 anos é solto em Chapecó

O motorista de 48 anos da prefeitura de Caibi, que estava preso desde segunda-feira (17), pela morte da jovem Samanta Cansi, de 15 anos, conseguiu a liberdade provisória após pedido do seu advogado. O servidor deixou o Presídio Regional de Chapecó após pagar uma fiança de cerca de quatro salários mínimos e atendar algumas medidas cautelares como, por exemplo, não trocar de endereço.

Samanta Melissa Cansi, 15 anos, morreu após ter sido arrastada por ônibus - Reprodução/Facebook
Samanta Melissa Cansi, 15 anos, morreu após ter sido arrastada por ônibus – Reprodução/Facebook

O motorista foi preso em flagrante na segunda-feira (17), por homício culposo (quando não há intenção de matar), após a jovem ficar presa pelo casaco na porta do ônibus e ser arrastada por quase dois quilômetros. Viel pediu uma licença premium da Prefeitura de Caibi que deve durar cerca de 30 dias. Quando terminar o prazo, a situação dele será avaliada pelo Município. 

A Polícia Civil segue investigando o caso e aguardo os laudos periciais. O delegado responsável pelo caso acredita que existam elementos suficientes para que o Ministério Público dê os encaminhamentos na Justiça.

Relembre o caso:

>> Garota de 15 anos morre ao ser arrastada por ônibus escolar no Oeste de SC

Estado

Nenhum conteúdo encontrado