MPF vai apurar possível crime ambiental no caso do utilitário de luxo que atolou em Barra Velha

Divulgação/Blog Onda Gringa/ND

Divulgação/Blog Onda Gringa/ND

Por pouco o veículo avaliado em mais de R$ 160 mil não foi levado pelo mar

O MPF (Ministério Público Federal) requisitou nesta terça-feira (19) a abertura de um inquérito policial para apurar o caso da Land Rover Evoque, carro avaliado em mais de R$ 160 mil, que atolou na praia de Barra Velha, no último sábado (16). Para o procurador da República Mário Sérgio Barbosa, houve crime ambiental.

O fato foi registrado por um internauta e ganhou repercussão nas redes sociais. Como a alta da maré, por pouco o mar não levou o carro. O utilitário de luxo foi retirado da areia com a ajuda de moradores e motoristas. Um deles era dono de um Land Rover Defender, que também tem tração 4×4, e ajudou o motorista a retirar o veículo da areia.

Polícia