Mulher dá à luz um menino em meio aos alagamentos em Rio do Sul

Os bombeiros tentaram transportá-la ao hospital, mas o bebê nasceu no meio do caminho, antes mesmo de chegar no barco

Uma mulher deu à luz em meios aos alagamentos em Rio do Sul na noite desta segunda-feira (5). O menino nasceu quando a mãe, Agnes Marlene Klann, 23 anos, tentava chegar na embarcação do Corpo de Bombeiros Militar, que a levaria até o hospital. Como maior parte da cidade estava alagada, em decorrência das cheias no Estado, os bombeiros tiveram trabalho para chegar à casa da gestante, no bairro Sumaré, estrada Bonfim, interior do município.

Os bombeiros foram visitar a mãe e criança que auxiliaram durante a enchente - CBMSC/Divulgação
Os bombeiros foram visitar a mãe e criança que auxiliaram durante a enchente – CBMSC/Divulgação

Os quatro soldados do Corpo de Bombeiros foram acionados pouco depois das 18h para atender à mulher, mas quando conseguiram chegar à casa dela o trabalho de parto já havia avançado. Para localizá-la, os bombeiros tiveram que cruzar o rio que transbordou e inundou a cidade, caminhar por acessos abertos entre morros e usar embarcações cedidas por vizinhos da região para ultrapassar mais áreas inundadas, já que o barco da força-tarefa foi ancorado em local seguro, para retorno da equipe.

No caminho de volta, os bombeiros levavam Agnes até o barco na tentativa de chegar até o hospital, mas o bebê acabou nascendo ali mesmo, antes de chegar no barco. Depois que o bebê nasceu, os bombeiros protegeram a mãe e a criança e os conduziram com a embarcação até a unidade avançada do Samu para amparo médico.

Nesta manhã, o tenente Rogge e os soldados Carlin e Barbosa, que atenderam a ocorrência, conseguiram chegar ao hospital e conversar com a mãe. Ela e o filho passam bem. Tayler Felipe é o primeiro filho dela.

Após atendimento, mãe e filho passam bem - CBMSC/Divulgação
Após atendimento, mãe e filho passam bem – CBMSC/Divulgação

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...