Mulher é encontrada morta com golpes de faca em Bom Jardim da Serra

Atualizado

Uma mulher de 53 anos foi encontrada morta com golpes de faca na tarde desta segunda-feira (29), em Bom Jardim da Serra, na região serrana de Santa Catarina. O caso ocorreu por volta das 12h45, em uma casa no bairro Cohab. A vítima foi identificada como Sandra Aparecida Ribeiro, natural de Anita Garibaldi.

As investigações apontam que a morte de Sandra teria ocorrido na noite de domingo (28).

Polícia Civil investiga crime em Bom Jardim da Serra – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

O principal suspeito é o companheiro dela, de 25 anos, que teria fugido com um carro modelo Gol após o crime. O corpo do jovem foi localizado às 11h desta segunda-feira (29) pela polícia na Gruta Nossa Senhora Aparecida, ponto turístico do município de São Ludgero.

Ele foi encontrado com um corte no braço e um cinto amarrado no pescoço, o que indica que cometeu suicídio. O veículo usado na fuga foi localizado próximo ao corpo.

Leia também:

Conforme o delegado Thiago Passos da Costa, da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) de São Joaquim, o corpo do suspeito foi encontrado antes que a polícia tomasse conhecimento do crime em Bom Jardim da Serra.

Ao saberem da morte do suspeito, familiares da mulher acionaram a Polícia Militar para entrar na casa do casal, que estava fechada. A polícia então arrombou a porta e encontrou o corpo da vítima dentro da residência com ferimentos de faca nas costas.

Na casa, foram encontrados ainda pinos cheios e vazios de cocaína, o que indica que o suspeito fosse também usuário da droga. O homem era investigado pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia Militar informou que ele tinha passagens policiais por dirigir veículo sem habilitação, dano, vias de fato e lesão corporal. Já Sandra não possuía passagens criminais.

Histórico de violência

Familiares de Sandra afirmaram que ela frequentemente era vítima de agressões. No entanto, não foi registrado nenhum boletim de ocorrência na polícia.

O suspeito tinha histórico de violência doméstica contra uma ex-companheira. O caso foi em 2018 no município de Capivari de Baixo.

Mais conteúdo sobre

Polícia