Namorado confessa ter matado jovem achada em corredor de prédio, em Florianópolis

Atualizado

O principal suspeito de ter assassinado Vanessa Junkes de Souza, de 23 anos, na madrugada de segunda-feira (6) em Florianópolis, se apresentou na delegacia de Homicídios na manhã desta quarta-feira (8). Durante o depoimento, o homem, que era namorado da vítima, confessou o crime. 

Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

Vanessa foi encontrada caída no corredor de um prédio na rua General Eurico Gaspar Dutra, no bairro Estreito, por volta das 4h30. Uma faca de cozinha, usada para golpear a vítima no pescoço, também foi encontrada. 

Segundo o delegado Enio de Oliveira Matos, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, o namorado da jovem foi liberado logo após o depoimento. 

“Foi confirmado hoje que é feminicídio. O homem foi hoje na delegacia e confessou que matou [a jovem]”, disse. Questionado pela reportagem do nd+ sobre o motivo da liberação do criminoso, o delegado afirmou apenas que “passou as condições do flagrante”.

Leia também:

A motivação do crime também não foi detalhada. O delegado disse apenas que a morte pode ter sido ocasionada por “uma briga de casal”. A delegada responsável pelo inquérito, Salete Mariano Teixeira, não foi encontrada pela reportagem para comentar o caso. 

O IGP (Instituto Geral de Perícias) foi até o local e recolheu a faca usada no crime. O laudo que aponta as causa da morte ainda não foi divulgado pelo órgão.

Mais conteúdo sobre

Polícia