‘Não é desarmando que você vai evitar’, diz Bolsonaro sobre ataques nos EUA

Atualizado

O presidente Jair Bolsonaro lamentou neste domingo (4), as mortes ocorridas em ataques a tiros nos últimos dias nos Estados Unidos, mas repetiu que o desarmamento não é a saída para evitar esse tipo de tragédia.

Tiroteio no Texas é um dos maiores da história dos Estados Unidos – Reprodução/Portal R7

“Eu lamento, e já aconteceu no Brasil também”, afirmou, ao deixar o Palácio do Alvorada. “Mas não é desarmando o povo que você vai evitar isso. No papel, o Brasil é extremamente desarmado e já aconteceu coisa semelhante aqui”, acrescentou.

Leia também

Em Dayton, estado americano de Ohio, o atirador que deixou ao menos nove mortos na madrugada deste domingo matou a própria irmã, que estava no local do ataque. No local, um estabelecimento chamado Ned Pepper’s Bar, segundo a polícia, outras 27 pessoas ficaram feridas.

Em frente ao bar Ned Peppers, polícia sinaliza cena do crime em Ohio – Reprodução Portal R7

Já no Texas, um ataque a tiros na cidade de El Paso, no Texas, deixou pelo menos 20 mortos e dezenas de feridos. A ação ocorreu em um centro comercial localizado a 4,5 quilômetros da fronteira com o México. Parte dos tiros foi disparada em uma loja da rede Walmart. Um suspeito de 21 anos, identificado como Patrick Wood Crusius, morador de Dallas, foi preso.

Mundo