“Não é fácil perder alguém dessa forma”, diz irmão de idoso morto a facadas em Joinville

Atualizado

A família de João Carlos dos Santos Pereira, de 60 anos, ainda tenta entender o que teria motivado a sua morte. O idoso foi encontrado morto na noite desta quarta-feira (4), em casa, com marcas de golpes de faca nas costas.

Homem foi encontrado morto e com marcas de facadas nas costas – Foto: Ricardo Alves/RICTV

O crime ocorreu por volta das 23h, no bairro Profipo, zona Sul de Joinville, no Norte do Estado. De acordo com a Polícia Militar, vizinhos teriam ouvido uma confusão no imóvel onde João vivia há dois anos e acionaram a polícia.

Ao chegar no local, a equipe encontrou o idoso ensanguentado, com marcas de facadas nas costas e já sem vida.

Aposentado, João era uma pessoa tranquila e que nunca teve nenhum tipo de envolvimento com a polícia, segundo o irmão, Jadir dos Santos Pereira. Inconformado, ele afirmou que, agora, tudo que a família quer é justiça.

“Ele tinha acabado de comprar uma moto e estava bem. Não é fácil perder um irmão da forma que a gente perdeu. Ele era uma pessoa boa, não havia necessidade de alguém fazer isso”, fala emocionado.

Leia também:

Testemunhas informaram que, antes da chegada da polícia, um homem teria saído da casa da vítima e informado aos vizinhos que ele precisava de ajuda. Após o pedido, o homem, então, teria pulado um muro e fugido em um carro em alta velocidade.

A Polícia, agora, segue investigando o caso para identificar a autoria e a motivação. A faca usada no crime também foi apreendida para perícia. Até o momento nenhuma hipótese foi descartada.

O velório de João acontecerá na Capela do Fátima ainda sem horário definido.

Mais conteúdo sobre

Polícia