Neymar afirma que usou preservativo com modelo; veja como foi o depoimento

Atualizado

O atacante Neymar afirmou que usou preservativo no encontro com a modelo Najila Trindade, em Paris, na França.

O jogador afirmou que jogou a camisinha no vaso sanitário e usou proteção para não se expor, pois era um atleta.

De acordo com Najila, o suposto crime começou no momento em que ela fala que não tinha camisinha e Neymar continuou o ato sexual sem preservativo.

Neymar chega à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, para depor – Foto: MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Leia também

O Estado apurou que Neymar confirmou que havia bebido no dia do primeiro encontro, mas, segundo ele, foi apenas uma dose.

No segundo encontro, ele disse que pretendia levar Najila a uma balada, mas ela começou a agredi-lo e ele foi embora. Durante o encontro, Neymar estranhou o fato de a modelo dizer que o amava e queria se casar com ele.

“Como ela pode me amar se nem me conhecia direito?”, chegou a comentar o atacante para as delegadas da 6.ª Delegacia de Defesa da Mulher.

Após o depoimento, que durou cerca de 3h30, Neymar se emocionou sobre a acusação de estupro e disse estar vivendo um drama pessoal.

O atacante do Paris Saint-Germain afirmou que esse é o pior acontecimento de sua vida e chegou a afirmar que nenhuma lesão se compara ao momento que vem vivendo desde 31 de maio, quando a modelo registrou Boletim de Ocorrência por estupro.

Neymar foi cortado da Copa América, que começa nesta sexta-feira, por ruptura do ligamento tornozelo direito. Por isso, ele chegou à delegacia com o auxílio de muletas.

O jogador ainda afirmou que o escândalo afetou a vida de seu filho, David Lucca, que tem faltado à escola, pois tem sido vítima de bullying. Ele afirma que os amigos dizem que ele é filho de um estuprador.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Mais conteúdo sobre

Polícia