“Nós vamos responder à altura”, diz governador sobre crise na segurança em Joinville

Raimundo Colombo se reuniu com lideranças políticas e da polícia para discutir as estratégias de combate à criminalidade na cidade

Jaqueline Noceti/divulgação/ND

Raimundo Colombo participou de reunião fechada nesta quinta-feira na sede da 5ª Região de Polícia Militar

 “É uma coisa muito grave, uma afronta ao Estado de Direito, às pessoas, às instituições, e nós vamos responder à altura”, disse o governador Raimundo Colombo em reunião em Joinville nesta quinta-feira. Ele participou de encontro fechado com o comandante da 5ª Região de Polícia Militar, coronel Amarildo Assis Alves, e com o delegado regional, Akira Sato, onde tomou conhecimento das estratégias de combate à criminalidade na cidade. O encontro foi na sede do comando da 5º RPM.

“Estamos acompanhando há muito tempo e com uma série de providências em curso. O secretário de Estado de Segurança, César Augusto Grubba, já esteve aqui durante a semana e fez alguns encaminhamentos e nós estamos concentrando nossa ação para fazer uma atuação forte diante do problema que a cidade está enfrentando”, disse Colombo. 

Segundo o governador, as medidas estão sendo tomadas e as estruturas estão sendo reforçadas. “Estamos reforçando toda a estrutura e o serviço de inteligência. Nessa fase é o melhor trabalho a ser feito e vai surgir todo o resultado positivo. Nossa polícia é bem qualificada, tem experiência e estamos atuando com o que temos de melhor.”

Colombo pediu compreensão por não poder dar mais detalhes, pois são ações estratégicas de segurança e que devem ser tratadas internamente. “Estamos acompanhando e dando as melhores condições, fizemos uma série de reformulações internas para poder ter o resultado que a comunidade espera e vamos conseguir, as coisas estão bem encaminhadas.”

Sobre os últimos crimes na cidade, principalmente sobre o vídeo da decapitação de Israel Melo Junior, 17 anos, que circulou nas redes sociais na quarta-feira, o governador afirmou que viu as imagens e que o serviço de inteligência está acompanhando tudo. Também participaram do encontro a secretária executiva da ADR (Agência de Desenvolvimento Regional), Simone Schramm; o comandante do 8º BMP, tenente-coronel, Jofrey Santos da Silva; o comandante do 17º BPM, o tenente-coronel Hélio Puttkammer; o comandante da Central Regional de Emergência, Geovani Fachinni; o chefe do Estado Maior, tenente-coronel Dirceu Neundorf e o delegado da Polícia Civil, João Fleury.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...