Novo super-herói promete combater o crime em Joinville

Atualizado

É um pássaro? Um avião? Ou seria o Jacaré Fritz, que surge das águas do Rio Cachoeira para viralizar nas redes sociais e sumir sem deixar rastros? Não se sabe ainda ao certo de onde vem ou quem se esconde atrás da máscara, da armadura, da capa – e de um perfil fake no Facebook -, mas ele promete acabar com os malvados do crime na noite de… Joinville!

Sim, cidadãos da Manchester Catarinense! A Cidade das Flores, dos Príncipes, das Bicicletas, da Dança e do JEC agora é também a Cidade do ESCUDO NEGRO. A Gotham City Barriga Verde!

Escudo Negro promete ser o novo herói de Joinville – Foto: Reprodução Redes Sociais/ND

O misterioso novo super-herói da “Joinvilândia” (seria ele o Highlander Haroldo Marinho???) está confiante em acabar com a criminalidade nas madrugadas da cidade. Apenas nas madrugadas… [Super te entendo, a insônia também me dá vontade de sair por aí salvando o mundo… ou só comendo tudo que está na geladeira mesmo].

Maaaaaaas [leia isso com a entonação de narrador de filme dos anos 1970] como ele vai fazer isso? Ainda é um mistério, mas há pistas no ar: “Não sou vigilante nem um justiceiro,sou uma pessoa normal que irá vestir uma máscara e sair pelas ruas nas madrugadas atrás de maus feitores [sic], criminosos,usuários,etc…”

Usuários? Do “zarco”? Itaum-Centro?

Sua identidade – como a de todo bom super-herói – ainda é um mistério e faz parte da trama aguçar a curiosidade da população, que agora se sente mais protegida para comer aquele cachorro-quente na Madol depois do Bova sem se preocupar com os vilões prontos para surrupiar uma salsicha!

Bandidos, tremei!

Pois se depender do nosso novo herói a coisa vai ficar feia para vocês: “Meu Rob [pode ser Robbin ou hobbie, quem entende a linguagem cifrada dos mocinhos?!] é lutar contra o crime, salvar as pessoas que precisem, escolhi ser herói,não um deus ou um salvador. Só quero que não me temam quando um dia por aí me virem. Únicos que vão me temer vão ser só os criminosos. Vou tentar não machuca-los,vou só deixar para as autoridades”, explica o noturno personagem.

O perfil do Escudo Negro no Facebook, apesar de misterioso, já ganhou adeptos e muitos amigos. Há até candidatos a ajudante! Sim, a sede por justiça é contagiante! Há também os incrédulos que sugerem mais psicólogos ao invés de heróis na cidade: HOMENS DE POUCA FÉ! Ou seriam sábios, pois somente Arturzinho e Hemerson Maria merecem tal status?

Não importa!

A verdade é que a postagem de apresentação do Escudo Negro teve cerca de 1.200 compartilhamentos em pouco mais de duas semanas e o fenômeno parece estar prestes a entrar em erupção para ganhar as ruas como um importante apoio às forças policiais. Em breve – ele avisa – um vídeo será postado, esclarecerá todas as dúvidas e encherá de paz os corações de todos [quem sabe conquistar o de uma donzela indefesa angustiada para ser resgatada no alto da torre do castelo – ou do Mirante mesmo].

Hmmmm… talvez o Jerke passe a servir empadas até mais tarde com essa novidade!

E aí, quem vai encarar?

Duvida? Então olha só:

*este texto é uma crônica com fragmentos de ficção, ilusão e não necessariamente representa a opinião dos super-heróis – nem dos vilões. 

Glossário:

  • Bova: Bovary, baladinha “rockcultvintage” em Joinville
  • Cachorro-quente da Madol: cachorro-quente que fica na frente da antiga Madol
  • Zarco: ônibus
  • Jerke: pronuncia-se Iérque, tradicional comércio de empadas da cidade
  • Todo o restante: Google

Mais conteúdo sobre

Geral