“Número final de mortos será chocante”, diz primeiro-ministro das Bahamas sobre o Dorian

Furacão arrasou as Bahamas, deixando rastro de destruição e uma população desesperada em busca de água e alimentos

“Deixe-me dizer que acho que será chocante”. As palavras são do primeiro-ministro das Bahamas, Hubert Minnis, em referência ao número de mortos após a passagem do Furacão Dorian. A tormenta agora afeta a costa sudeste dos Estados Unidos.

Furacão Dorian causa destruição em passagem por Bahamas – Reprodução/FacebookFuracão Dorian causa destruição em passagem por Bahamas – Reprodução/Facebook

Pelo menos 43 pessoas morreram nas Bahamas. O rastro de devastação, que deixou milhares de desabrigados, deve levar muito tempo para desaparecer. A situação é caótica, com a população desesperada em busca de água potável e alimentos.

O Dorian passou pelas Bahamas quando estava classificado como categoria 5, que é a máxima, a mais forte da escala. O número de óbitos deve aumentar nas próximas horas, conforme avançam os trabalhos de resgate. Um balanço preliminar das Nações Unidas dão conta de que pelo menos 100 mil pessoas necessitam de ajuda imediata na região.

O ministro da Saúde das Bahamas, Duane Sands, enviou funcionários de funerárias e necrotérios para a região atingida, a fim de auxiliar as autoridades de socorro.

Leia também:

+

Notícias

Loading...