Operação Asfaltaço: 17% das vias previstas estão pavimentadas em Florianópolis

Atualizado

Deflagrada em maio deste ano, a maior operação de pavimentação asfáltica de Florianópolis já está 17% concluída. Das 122 vias previstas para receber as melhorias, 21 foram asfaltadas até o momento.

A informação é do secretário de Infraestrutura do município, Valter Gallina. “O cronograma está acima das nossas expectativas, tendo em vista que deflagramos a operação em maio, com licitações e tudo, e temos mais de 20 obras concluídas”, afirma.

Asfaltaço na Rua Arcipreste Paiva, Centro de Florianópolis – Foto: PMF/Divulgação

Além do asfalto, serviços de drenagem, extensão, qualificação e revitalização devem ser realizados em 31 bairros da Ilha e do Continente até abril de 2020. Para isso, estão sendo investidos R$ 218 milhões. Ao todo, mais de 150 quilômetros de ruas serão pavimentados.

Leia também:

Muitos lugares necessitam de intervenção, mas a escolha privilegiou as ruas estruturantes, por onde passa o transporte coletivo. Lugares que ficaram sem a atenção do poder público durante anos também foram priorizados.

Para preservar a mobilidade urbana, a execução é realizada à noite e em meia pista. Entretanto, em locais mais estreitos, pode ser necessário interromper temporariamente o fluxo ou adotar desvios.

Andamento dos serviços

Segundo o secretário de Infraestrutura, 32 quilômetros estão concluídos, outros 69 quilômetros estão em andamento e mais 58,8 quilômetros estão em fase de elaboração de projetos ou em licitação. “Tudo será concluído até o primeiro semestre de 2020”, diz Gallina.

A estimativa é de que 90% do que está sendo executado fique pronto ainda este ano. Na SC-404, a pista no sentido Lagoa-Itacorubi tem previsão de término nesta sexta-feira (11), incluindo o nivelamento dos PVs (pontos de visitação da Casan) e bueiros.

Porém, algumas obras só devem terminar no ano que vem. É o caso da Estrada Cristóvão Machado de Campos, que liga os bairros Rio Vermelho e Vargem Grande e é considerada uma rota essencial para melhorar o trânsito. Ela evitará que moradores do Rio Vermelho tenham que entrar em Ingleses para ir ao Centro da cidade.

Rua do Lamim, que liga Jurerê a Canasvieiras, vai receber asfaltaço – Foto: Anderson Coelho/ND

Já na Avenida Luiz Boiteux Piazza, que faz a ligação entre Cachoeira do Bom Jesus e Ponta das Canas, só a pavimentação asfáltica deve ser finalizada este ano. Ciclovias e passeios serão feitos em 2020. Outra via em andamento é a Estrada Dário Manoel Cardoso, em Ingleses, cuja finalização depende do término do sistema de esgoto da Casan. E os trabalhos na Avenida Ivo Silveira, no Continente, podem se estender até janeiro devido a grande extensão.

Embora vários moradores se mostrem preocupados com os acabamentos, o secretário explica que após o asfalto e a sinalização é feito o nivelamento dos bueiros e PVs. “Temos 3 ou 4 ruas prontas onde falta fazer esse nivelamento. Ele demora entre 20 a 30 dias porque precisa esperar a cura do concreto”, afirma.

Ciclistas contemplados

Outro foco da operação é na melhoria da qualidade da malha cicloviária em Florianópolis. Atualmente, a Capital conta com 80 quilômetros de vias específicas para ciclistas, mas ao final da operação deverá acrescentar mais 57, chegando a 137 quilômetros de extensão.

Avenidas como a Mauro Ramos, no Centro, que terá ciclovia no canteiro central em toda a sua extensão (está em fase de licitação) e a Madre Benvenuta, no Santa Mônica, além da Ivo Silveira no bairro Capoeiras devem ser contempladas. Essa última receberá ciclovia no sentido bairro-Centro, sendo interligada à da Beira-Mar de São José.

“Todas as ruas dessa operação receberão ciclovia [pista de bicicleta separada da pista de carros, como na Beira-Mar Norte], ciclofaixa [fica no acostamento, separada por tachões] ou ciclorrota [compartilha espaço com os veículos em vias mais estreitas, sinalizada com pintura em vermelho e branco]”, detalha o secretário. “A ciclorrota responde por 90% das vias para ciclistas em países como França, Amsterdã e Bruxelas, onde o uso de bicicleta é intenso”, diz.

Veja as vias onde o asfaltamento foi concluído:

Av. Mauro Ramos – Centro
Delminda da Silveira – Agronômica
João Pio Duarte Silva – Córrego Grande
João Motta Spezim – Saco dos Limões
Rod. Haroldo Soares Glavan – Cacupé
Caminho dos Açores – Santo Antônio de Lisboa
Pd. Lourenço – principal de Santo Antônio de Lisboa
Pd. Rohr – liga Sto. Antônio de Lisboa ao Sambaqui
Isid Dutra – Cacupé-Sambaqui
Av. Jurerê – Jurerê tradicional
Virgílio Várzea – Canasvieiras
Jaime de Arruda Ramos – Lagoinha/Ponta das Canas
Graciliano Gomes – Ingleses
Altamiro Barcelos Dutra – Barra da Lagoa
Orlando Chaplin – Barra da Lagoa
Auroreal – Campeche
Avenida Gramal – Campeche
Rua José Correia (rua do Juca) – Tapera
Rua das Areias – Tapera
Rua da Creche – Tapera
João Meirelles – Abraão

Infraestrutura