Operação Oxigênio: caso vai para o STJ

A força-tarefa da Operação Oxigênio apontou uma possível participação do governador Carlos Moisés na compra de duzentos respiradores pulmonares. Com isso, o processo que investiga o caso foi remetido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O encaminhamento aconteceu por determinação do juiz Elleston Lissandro Canali, conforme pleiteado pelo Ministério Público de Santa Catarina e da Polícia Civil do Estado, que formularam o requerimento apontando a possível participação direta do governador do Estado nos crimes investigados.

Assista com mais detalhes!

+

ND Notícias