Operação prende suspeitos de matar homem em Tijucas e máquinas de jogos de azar

Atualizado

Está em andamento uma investigação sobre Thiago Alves, morto no dia 12 de junho deste ano, com três tiros na cabeça, entre os municípios de Porto Belo e Tijucas. Durante a operação, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva em Porto Belo e Itapema.

Foi apreendido pela Polícia o valor de R$ 172.925 em espécie e máquinas de contar dinheiro  – Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 47 anos foi preso em flagrante por lavagem de dinheiro, organização criminosa e jogos de azar, durante as buscas no apartamento dele em Itapema, no Vale do Itajaí, foi apreendida a quantia de R$ 172.925 em espécie, máquinas para serem utilizadas no jogo do bicho, uma máquina de contar dinheiro, mídias contendo relatórios de controle mensal da arrecadação dos jogos e diversas conversas sobre contravenção penal.

Na casa de outro homem, de 36 anos, em Porto Belo, foram apreendidas 24 máquinas utilizadas para o jogo do bicho, anotações referentes ao controle de pontos do jogo do bicho, caça-níquel e mídias.

Com o homem preso, de 43 anos, em Itapema, foi apreendido uma arma de fogo calibre 38, mesmo calibre da arma utilizada para matar Thiago Alves, e máquinas utilizadas para o jogo do bicho.

Arma de fogo encontrada com um dos homens presos é do mesmo calibre da arma utilizada para matar Thiago Alves – Divulgação/Polícia Civil

A operação contou com a participação de Policiais Civis das Delegacias de Porto Belo, Itapema e Bombinhas e Policiais Civis do CORE.

Leia também: 

Polícia