Orquestra Cidade de Joinville se apresenta pela primeira vez na Penitenciária Industrial

Concerto na terça-feira à noite foi assistido por cerca de 60 reeducandos do regime fechado

Divulgação/ND

Esta foi a primeira vez que uma orquestra se apresentou no local. Foram apresentadas cinco obras, de Beethoven a Tom Jobim

Cerca de 60 reeducandos do regime fechado acompanharam o concerto especial da Orquestra Cidade de Joinville na Penitenciária Industrial de Joinville, na noite de terça-feira (19). Esta foi a primeira vez que uma orquestra se apresentou no local. Foram apresentadas cinco obras, de Beethoven a Tom Jobim.

Para o maestro Martinho Lutero Klemann, a palavra ‘oportunidade’ resume o que foi o concerto na Penitenciária. “Foi uma experiência inesquecível para eles e para nós”, ressaltou. Ele observou ainda que o grupo se sentiu muito acolhido na unidade.

Algumas autoridades também estavam presentes na apresentação, como o vice-prefeito e presidente da Fundação Cultural de Joinville, Rodrigo Coelho. “ É algo inédito. A música exerce um papel terapêutico a todos que podem apreciá-la”, destacou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...