Ossada humana encontrada em Brunópolis é identificada pelo IGP

Atualizado

Nesta segunda-feira (9), o IGP (Instituto Geral de Perícias) identificou a ossada encontrada em Brunópolis, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Em 29 de junho deste ano equipes periciais de Joaçaba e Campos Novos atenderam uma ocorrência, encontraram os ossos e durante o exame no local de crime já haviam determinado que se tratava de um homem.

Crânio da vítima foi encontrado aproximadamente à 15 metros de distância do corpo – IGP-SC/Divulgação/ND

A perita odontolegista Shirley de Oliveira, do IGP de Florianópolis, iniciou então os trabalhos para buscar uma identificação por meio da arcada dentária e a identidade foi confirmada pela médica.

A vítima foi identificada como Maicon Zanin dos Santos, 21 anos, natural de Fraiburgo, que estava desaparecido desde 7 de maio de 2019, quando saiu de casa para ir à uma agência bancária para abrir uma conta.

Leia também:

As roupas estavam queimadas junto ao corpo da vítima – IGP-SC/Divulgação/ND

As vestes haviam sido queimadas e foram encontradas a 15 metros do crânio e os ossos mais longos tinham vestígios de fogo. Como o corpo havia sido queimado e já estava em estado avançado de decomposição, a identificação por digital ficou eliminada.

Mais conteúdo sobre

Polícia