Óvni em SC: “Parecia que estava nos observando”, diz montanhista que estava no local

Atualizado

“Parecia que estava nos observando”. Essa é a descrição do jornalista Elvis Lozeiko, de 40 anos, um dos montanhistas que afirma ter visto um óvni (objeto voador não identificado) nos Campos do Quiriri, em Campo Alegre, no Norte do Estado.

Além dele, o designer Cristyan Axel Langer e outras 20 pessoas também confirmaram a presença de um objeto diferente no céu naquela noite.

Episódio aconteceu nos campos do Quirir em Campo Alegre – Foto: Elvis Lozeiko/Arquivo Pessoal

O episódio aconteceu durante o feriado de Páscoa em 2018. Com o grupo de montanhismo “Perdidos no Barranco”, Cristyan e Elvis subiram a Pedra da Tartaruga, onde montaram acampamento. O local fica a aproximadamente 1,2 mil metros acima do nível do mar.

“Nós partimos na Sexta-feira Santa de São Bento do Sul, em duas vans, para passar o fim de semana no pico da montanha, no Quiriri. Foram oito horas de caminhada até chegar ao local onde abrimos a barraca”, explica ­­­­­­­o jornalista.

O tempo nublado e o clima ameno não animou os montanhistas, que por volta das 20h se reuniram ao centro do acampamento para “jogar conversa fora”. Segundo Cristyan, o céu estava escuro e com muitas nuvens, o que impossibilitava o grupo de ver o céu e as estrelas.

De acordo com Elvis, durante a conversa um dos integrantes chegou a brincar com a história da existência de extraterrestres.

“Ele ficou falando sobre vida fora do Planeta Terra e não-sei-o-quê, mas ninguém deu muita bola para ele, que ficou falando sozinho”.

Forte luz amarelada surgiu do nada

Cristyan continuava conversando com os amigos, quando avistou pela primeira vez uma “luz amarela bem forte no horizonte”.

Segundo ele, o objeto surgiu do nada. Em um primeiro momento, o designer pensou se tratar de um helicóptero ou drone que estaria sobrevoando a região.

Aproximadamente vinte pessoas presenciaram a cena – Foto: Elvis Lozeiko/Arquivo Pessoal

“A gente começou a cogitar essa hipótese, porém não tinha barulho algum de motor. Além disso, por se tratar de um lugar remoto, seria impossível aparecer um elemento desses ali, principalmente naquela hora da noite”, conta.

Todos os integrantes do grupo ficaram estáticos e impressionados com a luz. Alguns chegaram a expressar medo. “Em um momento desses você fica sem saber o que fazer, só quem vive essa situação sabe dizer”, relata Cristyan.

Leia também:

De acordo com Elvis, o óvni se aproximou gradativamente do acampamento, até ficar parado por alguns minutos “como se estivesse nos observando”.

A cena durou aproximadamente três minutos. Após esse período, o objeto pegou velocidade, seguiu pela direita e desapareceu, conforme os relatos.

Apesar da quantidade de pessoas, não houve nenhum registro da situação. “Ficamos tão paralisados com a situação, que a gente nem pensou em pegar celular ou câmera para filmar aquilo”, explica o designer.

O grupo se reúne várias vezes no ano para realizar expedições em lugares remotos e montanhosos na região. Porém, essa foi a primeira vez que presenciaram uma situação como essa.

Segundo Cristyan, a sensação é inexplicável. “Só quem esteve presente no momento consegue imaginar como foi avistar esse objeto, um acontecimento que será difícil de esquecer”.

Mais conteúdo sobre

Geral