Paciente de Jaraguá do Sul é diagnosticado com febre amarela

Atualizado

Santa Catarina tem mais um caso de febre amarela em humano confirmado. O paciente, de Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, tem 40 anos e está internado em Florianópolis, no Hospital Nereu Ramos.

Jaraguaense é o segundo paciente catarinense com diagnóstico confirmado para febre amarela – Foto: Cristiano Andujar/PMF/ Divulgação/ND

A Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) confirmou o caso nesta segunda-feira (3) após o diagnóstico do Laboratório Central de Saúde Pública. O paciente não tem registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações.

De acordo com a Dive, esse é o segundo caso confirmado. O primeiro paciente, que tem 47 anos e é morador de São Bento do Sul, no Planalto Norte, foi diagnosticado no dia 24 de janeiro. Ele permanece internado também no Hospital Nereu Ramos.

Além do segundo caso em humano, a Secretaria de Estado da Saúde confirmou ainda que outros dois macacos morreram por febre amarela. Os animais foram encontrados em Corupá, em dezembro e em Blumenau, no início de janeiro. Nove macacos morreram por febre amarela em 2019 e dois foram diagnosticados com a doença neste ano.

Até o momento, Santa Catarina está com a cobertura vacinal em 84%, abaixo do recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de vacinar pelo menos 95% do público-alvo.

Leia também:

Jaraguá declara alerta contra febre amarela e convoca população a se vacinar

Mais conteúdo sobre

Saúde