País deixará de ser ‘fonte de renda’ de ditaduras, diz Bolsonaro

Em meio à polêmica pela saída de médicos cubanos do programa Mais Médicos, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, postou em sua conta em uma rede social que o Brasil deveria deixar de ser paraíso de criminosos e fonte de renda de ditaduras desumanas para dar lugar a um país em que o “brasileiro e as pessoas de bem” sejam a maior prioridade do novo governo.

“Para voltarmos a crescer como nação precisamos fazer valer nossa soberania e nossas leis. Devemos respeitar o mundo todo, mas também ser respeitados. Seremos um Brasil amigo, mas que tem seus valores e princípios básicos”, escreveu Bolsonaro no Twitter, pouco antes das 11 horas da manhã desta segunda-feira, 19.

“O Brasil paraíso de criminosos e fonte de renda (sic) ditaduras desumanas deverá dar lugar ao Brasil cujo brasileiro e as pessoas de bem serão nossa maior prioridade”, postou em seguida.

(Daniela Amorim, Rio)

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado

Após saída de médicos, Bolsonaro diz que país não será ‘fonte de renda’ de ditaduras

Em meio à polêmica pela saída de médicos cubanos do programa Mais Médicos, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, postou em sua conta em uma rede social que o Brasil deveria deixar de ser paraíso de criminosos e fonte de renda de ditaduras desumanas para dar lugar a um país em que o “brasileiro e as pessoas de bem” sejam a maior prioridade do novo governo.

“Para voltarmos a crescer como nação precisamos fazer valer nossa soberania e nossas leis. Devemos respeitar o mundo todo, mas também ser respeitados. Seremos um Brasil amigo, mas que tem seus valores e princípios básicos”, escreveu Bolsonaro no Twitter, pouco antes das 11 horas da manhã desta segunda-feira, 19.

“O Brasil paraíso de criminosos e fonte de renda (sic) ditaduras desumanas deverá dar lugar ao Brasil cujo brasileiro e as pessoas de bem serão nossa maior prioridade”, postou em seguida.

(Daniela Amorim, Rio)

>> Bolsonaro diz que Temer está tratando da saída de médicos cubanos

Política