Para os geólogos, o futuro se constrói agora

Profissional que estuda bens minerais e aquíferos para viabilidade de empreendimentos e planejamento urbano

A Geologia, talvez a mais variada das ciências naturais, estuda a Terra como um todo, a sua origem, composição e estrutura, bem como os processos que deram origem ao seu estado atual. Estuda também a vida registrada nos fósseis, restos ou vestígios de animais e plantas preservados nas rochas.

A Geologia é uma ciência relativamente nova, surgida no século 18. No Brasil as atividades científicas na área de Geociências foram iniciadas praticamente no século 19, através das numerosas expedições efetuadas por cientistas/naturalistas europeus ou norte-americanos cujos objetivos eram os de conhecer, observar, descrever e catalogar os materiais encontrados em suas viagens a lugares então remotos do território brasileiro.

Durante e após esta fase pioneira, o governo imperial tomou algumas importantes medidas para oficializar as atividades geocientíficas, criando o Observatório Nacional (1827) e, posteriormente, a Comissão Geológica do Império (1885) e a Escola de Minas de Ouro Preto (1886). Embora as atividades tivessem caráter de ciência básica, com o tempo voltaram-se quase exclusivamente para a prospecção mineral, especialmente quando em 1934 foi criado o Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM).

A pesquisa geocientífica básica somente avançou nas universidades com o desenvolvimento de departamentos de Geologia, Mineralogia, Geografia e afins nas faculdades criadas a partir da década de 30, ou nas preexistentes Escolas de Engenharia. Mais tarde, já na década de 50, foram inaugurados cursos de Geologia em outras capitais do Brasil, sendo que os primeiros geólogos formaram-se em 1959.

GEÓLOGO – Foto: PORTAL DA MINERACAOGEÓLOGO – Foto: PORTAL DA MINERACAO

Atribuições e áreas de atuação – Entre as principais atividades desses profissionais estão o mapeamento geológico, com a representação dos diferentes tipos de rochas e as relações entre elas; a hidrogeologia, pesquisa de águas subterrâneas e o gerenciamento recursos hídricos; atuação nas minas, junto aos Engenheiros de Minas na pesquisa de orientação de lavras; no campo da geotécnica junto aos Engenheiros Civis na construção de estradas, túneis, viadutos, barragens e edifícios, etc.

No sensoriamento remoto os geólogos fazem o mapeamento geológico de solos, de vegetação, de áreas cultivadas, entre outros; na geoquímica planejam a coleta de amostras de solo, rocha, água e sedimentos de corrente (areias do fundo dos rios).

Há um extenso campo de atuação na geologia ambiental, onde trabalhando com técnicos de outras profissões, os Geólogos atuam na prevenção de enchentes, deslizamentos de terra e erosão, na escolha de locais para instalação de depósitos de lixo, cemitérios, aeroportos, núcleos residenciais, fábricas, na detecção e delimitação de áreas poluídas no subsolo, na delimitação de áreas de preservação ambiental, como parques, nichos ecológicos, florestas e nascentes de rios, bem como na delimitação de áreas impróprias para a construção. Ainda na esfera ambiental atuam no planejamento da expansão urbana, na solução de conflitos causados pela mineração em áreas urbanas (pedreiras, por exemplo); na elaboração de planos diretores municipais e na recuperação de áreas degradadas pela mineração. Há ainda a pesquisa universitária, com inúmeras especializações.

O Dia do Geólogo é celebrado em 30 de maio em homenagem a aprovação do Projeto de Lei nº 2028/60, de 1962, sendo criada a Lei nº 4.076, que regulamenta a profissão.

O futuro se constrói agora – Em homenagem aos profissionais da engenharia e geociências, o CREA-SC lançou no dia 20.09 a campanha: O futuro se constrói agora. O objetivo é enfatizar a importância da atuação dos profissionais da área tecnológica para a retomada do crescimento e posicioná-los como agentes do desenvolvimento econômico, qualidade de vida e segurança da sociedade, tanto no meio urbano quanto rural.

“Ressaltar a importância, representatividade e força dos nossos profissionais e profissões são compromissos importantes da nossa gestão, refletidos nesta campanha”, assinala o presidente do CREA-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann.

“Muito se espera do nosso futuro. Que ele seja próspero e traga um novo período de oportunidades. Mas o que determina o futuro são as nossas ações de hoje. Para o CREA-SC, o tão sonhado projeto de um novo país já começou. A sociedade pode contar com a autoridade técnica dos profissionais da engenharia, agronomia e geociências para viver uma nova era de desenvolvimento. Porque se a economia é uma roda, não há ninguém mais capacitado para fazer a engrenagem girar”.

Confira o VT da campanha aqui: bit.ly/2mDMFCH

+

Crea SC