Paralisação nos ônibus: primeira assembleia aceita proposta contra greve em Florianópolis

Atualizado

Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (12) pelo Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis), a maioria dos trabalhadores presentes decidiu por aceitar a proposta da data-base oferecida pelo sindicato patronal.

Assembléia realizada pela manhã votou para aceitar proposta do Sindicato Patronal – Arquivo/ND

A assembleia foi convocada para apresentar aos trabalhadores o resultado da evolução da negociação, uma vez que motoristas e cobradores estão em estado de greve desde o dia 7 de junho.

A decisão da assembleia não significa que a greve está totalmente descartada em Florianópolis. No período da tarde, a partir das 15h30, ocorrerá outra reunião entre os trabalhadores, em que será exposta a mesma proposta apresentada na parte da manhã.

Após a realização das duas assembleias será feita a somatória de todos os votos para, aí sim, a categoria decidir pela greve ou não. A tendência é que a assembleia da tarde encaminhe a mesma decisão e a greve seja descartada.

Deonísio Linder, dirigente do Sintraturb, não quis divulgar detalhes da proposta apresentada aos trabalhadores na parte da manhã, para que os que não estiveram presentes também compareceram e forneçam suas posições.

Geral