Parceria pelo anel viário da BR-101

Governo e parlamentares de todos os partidos se unem para garantir o traçado original, mantido pela ANTT, e o início das obras

Um dia depois de a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) ter divulgado um estudo, que remeteu para além de 2015 a conclusão do anel viário da Grande Florianópolis, uma reunião de autoridades catarinenses com dirigentes da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) voltou a tratar dessa novela. E a data prevista, fevereiro de 2015, foi mantida, ainda que do ponto de vista técnico – o estudo da Fiesc foi realizado pela Saporiti Engenharia – as obras teriam que já ter cumprido 25% do cronograma. O positivo do encontro de terça-feira (24), no entanto, foi resumido na declaração do deputado federal Esperidião Amin (PP): “Reunião na ANTT foi tão boa quanto seria possível esperar. Ficou estabelecido clima de parceria com o governo do Estado e o Fórum Parlamentar Catarinense (bancada)”. A sociedade catarinense talvez não esperasse mesmo outra atitude de seus representantes. E que eles sejam rigorosos no acompanhamento dos trabalhos da Autopista Litoral Sul.

Esperança

O secretário de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis, Renato Hinnig (PMDB), saiu da reunião com dirigentes da ANTT muito otimista e satisfeito, porque o traçado original será mantido e existe uma data para conclusão da obra. A saber se a ANTT e a Autopista Litoral Sul vão mesmo dar essa colher de chá para os catarinenses. Historicamente, nós costumamos ser tratados pela União como o zero da BR-101.

Sucesso

Garopaba, Lages, Governador Celso Ramos e Açores-Portugal já agendaram sessões de autógrafos do livro O Voo da Pandorga Mágica para os próximos meses. “Não é fabuloso?”, diz a autora, Eliane Veras da Veiga, acrescentando: “Estou muito animada com o sucesso da estória e a abrangência cultural e educacional desse projeto. Agora já busco parceiros para a segunda edição”.

Consegs

Marcello Martinez Hipólito e Jorge Eduardo Tasca, oficiais da Polícia Militar de Santa Catarina, lançam nesta quinta-feira (26) o livro “Superando o Mito do Espantalho”, às 19h, na Saraiva Mega Store do Shopping Iguatemi. A obra propõe uma nova visão sobre a segurança pública, com a polícia orientada para a resolução dos problemas – ou seja, não atuando não apenas no patrulhamento e repressão, mas na prevenção, com a participação da sociedade.

Verde

Comunidade de São José poderá conhecer nesta quarta-feira (25), às 19h, na Câmara Municipal, o projeto de implantação do Jardim Botânico do municípoio, vinculado à Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Não só São José, mas Florianópolis também está precisando de áreas verdes e parques. É a compensação mínima em vista da degradação provocada pela expansão urbana descontrolada.

História de…

O comunicador Hélio Costa será tema de Trabalho de Conclusão de Curso da acadêmica Bruna Andrett, do Jornalismo da Faculdade Estácio de Sá. “Hélio Costa: da externa para o estúdio”, grande reportagem em vídeo, está em fase de produção. Bruna já entrevistou 25 pessoas que fizeram parte da história de jornalista.

… um repórter

Aliás, Hélio é dono de uma biografia impressionante. Estava nos estúdios da TV Cultura que foi invadido pelo soldado Silvio, em 1986. Chegou a anular um gol no antigo estádio Adolfo Konder, quando atuava na crônica esportiva. Sem contar as histórias policialescas que dariam um livro. A grande reportagem em vídeo será apresentada no início de junho. Hélio merece tudo isso.

Muvuca…

Florianópolis vai estar bem movimentada nesta quarta-feira (25). Além do show de Paul McCartney, haverá durante o dia uma mobilização dos servidores públicos federais, que defendem melhorias e aumento de escolas, universidades, hospitais, postos do INSS, varas trabalhistas e previdenciárias, entre outras reivindicações (a lista é imensa). Eles ficarão concentrados em frente ao Ticen, entre 15 e 19h.

… e mais

Ah, sim, incluam na muvuca florianopolitana desta quarta-feira (25) o protesto dos médicos contra os planos de saúde e, claro, as obras de recapeamento asfáltico na região central da cidade. É para enlouquecer qualquer pessoa.

Divulgação

Cultura

Espaço tradicional do CIC amplia atividades

Descobrindo…

A Escolinha de Arte da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) está de sala nova. Devido à demanda crescente de alunos, as aulas foram transferidas para um espaço maior dentro do Centro Integrado de Cultura (CIC). Atualmente, a Escolinha atende a 78 alunos com idades entre 4 e 10 anos.

… a arte

Além dos cursos em andamento, a Escolinha de Arte está com inscrições abertas para duas novas turmas de Artes Visuais e Musicalização, para crianças entre 4 e 6 anos. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (48) 3953-2339.

Divulgação

Urbanismo

Operários sem proteção motivam preocupação de vizinhos

Perigo

Colaborador da coluna flagrou, na manhã de segunda-feira (23), operários da construção civil acomodados na mureta da sacada de um apartamento, sem qualquer tipo de proteção. A obra é realizada no bairro Capoeiras. “Incrível como os trabalhadores não percebem o risco que correm, um desleixo, na presença do ‘chefe'”, observa. Detalhe: a sacada fica no 5º andar do prédio.

Bem isso

Manchete do debochado site Sensacionalista, na terça-feira (24): “Sarney tem alta, mas não sai do quarto: ‘A vaga é do PMDB!'”

Cavalaria

A tradição cavalariana da Polícia Militar de Santa Catarina será celebrada entre os dias 2 e 10 de maio, com a Cavalgada da Amizade, que começará em Lages e terminará em São José. O evento integra as comemorações dos 177 anos da PM. A maior aventura do gênero foi realizada em 1985, quando uma expedição comandada pelo major Lourival de Souza levou 27 dias para cumprir o trajeto entre Dionísio Cerqueira e Florianópolis.

Mais abandono

David Adeonir Santos confirma aquilo que publicamos aqui na edição de terça-feira (24), sobre a precariedade das rodovias estaduais mais antigas. Relato dele: “No dia 20 deste mês fui de Curitibanos a Concórdia. A SC-458 e a SC-463 estão em péssimo estado, muitos buracos, sem sinalização”.

Complexo

“Do jeito que anda a violência, não vai demorar pra Blumenau ser conhecida como o Complexo dos Alemães”. Tuitada do jornalista Carlos Tonet (@carlos_tonet), cuja verve humorística costuma ser demolidora.

Divulgação

Urbanismo

Certas soluções em Florianópolis são, no mínimo, bizarras

Puxadinho

“Se não dá para servir de ralo, dá pelo menos para segurar o cone”, observa o leitor Sílvio Luzardo, que registrou a imagem, na calçada da marginal da Avenida Beira-mar Norte, próximo à sede da Polícia Federal. Tem coisas em Florianópolis que só confirmam o triste slogan de “Capital do Puxadinho”.