Pequenos negócios em SC lideram geração de empregos no primeiro semestre

Pequenos negócios cata­rinenses lideram a geração de empregos no primeiro semes­tre deste ano. Segundo análise do Sebrae, realizada a partir de dados do Caged (Cadastro-Geral de Empregados e Desempre­gados), do Ministério da Economia, foram criados 24.798 empregos pelas MPEs, entre janeiro e junho de 2019, em Santa Catarina. O núme­ro representa 56% do total de 44.460 empregos gerados no semestre.

Núme­ro representa 56% do total de 44.460 empregos gerados no semestre – Divulgação

De acordo com o analista técnico do Sebrae/SC, Cláu­dio Ferreira, os números são expressivos e resultam em uma significativa melhora em relação ao mesmo período do ano passado, quando o total de empregos abertos pelas MPEs foi de 14.778 vagas.

“Essas 10.000 vagas a mais represen­tam que estamos no caminho para a retomada da economia, que encontra nas pequenas empresas uma grande força geradora de renda”, comenta.

Indústria da transformação

O setor da indústria da transformação foi quem impulsionou o crescimento nas vagas, com 12.450 novos postos de trabalho gerados no semestre, seguido pelo setor de serviços, com 9.382 vagas.

“Analisando os dados com o atual momento econômico do país, podemos destacar também a construção, que gerou 5.021 novos postos de trabalho nesse semestre”, afirma Cláudio Ferreira.

Segundo ele, o fortalecimento de vários setores também é um sinal positivo que tende a se estender a outros, como o comércio, melhorando ainda mais a geração de empregos.

Em junho deste ano, a criação de vagas nos pequenos negócios foi sustentada pelo setor de Serviços (690 vagas), seguido pelo agropecuário (293 vagas).

Mais conteúdo sobre

Economia