PF busca por integrantes de organização internacional de tráfico de drogas em Itajaí

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (18) a Operação Refúgio, que tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa internacional especializada no tráfico de drogas. Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão temporária e 12 mandados de busca e apreensão em cidades de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. 

Até as 8h20, pelo menos cinco pessoas já haviam sido presas, sendo duas em Itajaí, em Santa Catarina. No município, a polícia espera cumprir três mandados de prisão temporária.  

Segundo a PF, o inquérito policial teve início em abril deste ano a partir de uma cooperação com a Agência Antidrogas Norte-americana sobre a atividade de um grupo de sérvios que estaria enviando drogas do Brasil para a Europa. 

Esse grupo estaria ligado a um grande narcotraficante sérvio, que articulava a compra de cocaína na capital paulista e depois enviava para a Europa pela via marítima, utilizando os portos de Santos, em São Paulo, e de Navegantes, em Santa Catarina.

Todos os presos na operação serão indiciados e responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação internacional para o tráfico de drogas, com penas de três a 15 anos de prisão.

Ainda conforme a PF, um dos investigados utilizou documentos falsos para pedir permanência no Brasil com pedido de refúgio, o que originou o nome da operação. 

Polícia