Placa metálica situada entre asfalto da ponte Pedro Ivo Campos se desprende da estrutura

Uma placa metálica situada em uma junção do asfalto da ponte Pedro Ivo Campos, por onde milhares de veículos passam diariamente para chegar à Ilha de Santa Catarina, se desprendeu parcialmente na tarde desta quarta-feira (13). O desnível provocado pela peça, que surpreendia motoristas há alguns dias e já era sentido por quem passava pelo local, fez com que o trânsito na ponte ficasse ainda mais intenso nesta quarta. A situação só foi resolvida por volta das 20h30, quando a peça foi soldada e o trânsito normalizado.

Placa de ferro se soltou nesta quarta-feira - Divulgação/ND
Placa metálica se soltou nesta quarta-feira – Pista Limpa/Divulgação/ND

A peça em questão, segundo os técnicos do Deinfra/SC (Departamento Estadual de Infraestrutura do Estado de Santa Catarina), trata-se de uma junta de dilatação e é importante para unir os blocos da ponte. A soltura dela ocorreu depois que os parafusos da placa quebraram. Em nota divulgada às 21h30, o órgão informou que uma equipe técnica esteve na ponte para analisar o que causou o deslocamento da placa e que “está trabalhando no sentido de solucionar o mais rápido possível os danos causados e garantir a segurança de quem trafega na ponte”. Como apurou a equipe da RICTV Record com um representante do Deinfra presente no local, a soltura pode ter ocorrido devido ao desgaste dos parafusos. 

Antes da soldagem, uma viatura da Guarda Municipal foi posicionada em cima da placa metálica para segurá-la. O carro, mais tarde, foi substituído por um da Polícia Militar. Engenheiros da Ponte Hercílio Luz conseguiram colocar a placa no lugar e retornaram com o equipamento de solda.

Por conta do incidente, o tráfego foi interrompido em um trecho das duas faixas da esquerda. Os veículos, às 19h, seguiam apenas pelas duas faixas da direita, o que acarretou em congestionamento na região continental da Capital até a noite. A Guarda Municipal esteve no local interditando a pista e orientando o trânsito. O Corpo de Bombeiros também se deslocou para a ponte.

Soldagem da placa metálica foi concluída por volta das 20h30 - Marco Santiago/ND
Soldagem da placa metálica foi concluída por volta das 20h30 – Marco Santiago/ND

A prefeitura da Capital divulgou um comunicado do prefeito Gean Loureiro (MDB) sobre a situação das pontes. “O caso de hoje, envolvendo a junta de dilatação, pode até não ter relação com o estado da estrutura da ponte, mas agrava ainda mais a insegurança instalada na cidade em relação à travessia da Ilha ao Continente”, afirmou o prefeito. Na nota, ele ainda cobra respostas do governo do Estado e grante que a prefeitura está “à disposição tecnicamente, se necessário, para ajudar os órgãos estaduais em relação à obra”.

A falta de manutenção e a necessidade de restauração da pontes Pedro Ivo Campos, assim como da Colombo Salles, é motivo de preocupação há bastante tempo. As duas únicas ligações entre Ilha e Continente, inauguradas respectivamente em 1975 e 1991, nunca passaram por reformas. A situação de comprometimento e abandono foi constatada em inquérito civil aberto em 2011 pelo Ministério Público de Santa Catarina, de acordo com o promotor Daniel Paladino, e chegou a ser tema de uma reunião promovida pela Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa, em abril de 2018.

Com a colaboração da repórter da RICTV Anne Beckhauser.

Congestionamento de veículos para entrar na Ilha às 19h45 - Marco Santiago/ND
Congestionamento de veículos para entrar na Ilha às 19h45 – Marco Santiago/ND

Mais conteúdo sobre

Cidade