Polícia Civil cumpre mandado de apreensão na Câmara de Vereadores em São Bento do Sul

Atualizado

A Polícia Civil cumpriu uma ordem de busca e apreensão no gabinete da assessoria de um vereador de São Bento do Sul, no Norte do Estado, na tarde desta terça-feira (06).

O mandado foi expedido pela vara criminal em investigação da DIC (Divisão de Investigação Criminal), que apura delitos de concussão praticados por um membro da casa, com possíveis outros envolvidos. No local, foram apreendidos documentos e um aparelho de telefonia celular.

O crime de concussão é quando um funcionário público exige vantagem indevida direta ou diretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela. O crime é punido com pena de reclusão, de dois a oito anos, e multa.

Leia também: 

Nos próximos dias a Polícia Civil escutará dezenas pessoas para instruir o inquérito policial em trâmite.

Conforme a Polícia Civil, mais informações serão divulgadas apenas ao final das investigações. A Câmara dos Vereadores de São Bento do Sul informou que não irá comentar sobre o assunto.

O vereador César Godoy (PSB) se posicionou por meio de sua conta pessoal no Facebook. Segundo a postagem, o vereador não foi intimado ou notificado sobre o caso.

Polícia