Polícia Civil de Jaraguá do Sul prende jovem que compartilhava pornografia infantil

Atualizado

A Polícia Civil, por meio da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso) de Jaraguá do Sul, prendeu um jovem suspeito de compartilhar conteúdos de pornografia infantil em uma rede social. O homem de 18 anos foi detido na manhã de terça-feira (10), em Rio Verde, Goiás.

De acordo com a polícia, as investigações iniciaram em março desse ano. O suspeito era responsável por um grupo de whatsapp em que integrantes compartilhavam vídeos e fotos de pornografia infantil. Além disso, no aplicativo também eram divulgados materiais com apologia ao nazismo, racismo e xenofobia.

O jovem também é suspeito de fazer comentários de cunho sexual na foto de crianças em outra rede social.

Leia também:

Um mandado de busca e apreensão foi expedido pela Vara Criminal da Comarca de Jaraguá do Sul, determinando a apreensão dos dispositivos eletrônicos na casa do suspeito.

Durante as buscas foi encontrado um celular contendo vídeos de pornografia infantil, fotografias contendo apologia ao nazismo e diversas outras imagens de caráter discriminatório.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante e levado a Delegacia de Polícia.

Mais conteúdo sobre

Polícia