Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool gel e prende três pessoas em Araranguá

Atualizado

Uma denúncia recebida pela Vigilância Sanitária Estadual terminou com a prisão de três pessoas e o fechamento de uma fábrica irregular de produtos de higiene e limpeza na tarde desta terça-feira (24), em Araranguá, no Sul do Estado.

Polícia chegou até a fábrica após denúncia de venda irregular – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Segundo o delegado da CPP (Central de Plantão Policial), Jair Pereira Duarte, a denúncia era de que um comércio estaria vendendo álcool gel irregular, no bairro Jardim das Avenidas. Na tarde desta terça-feira, os policiais estiveram no local e constataram as irregularidades. “Tinha álcool de cinco litros exposto, sem nenhuma informação. Além disso, foram encontrados fogos de artifício, tudo irregular”, conta.

Ainda de acordo com o delegado, a pessoa que estava no estabelecimento comercial indicou o local onde o álcool era fabricado e adquirido para revenda. “Fomos até lá e verificamos álcool, aromatizantes, produtos saneantes de modo geral. Inclusive o mesmo álcool, com as mesmas características e tipo de frasco foi encontrado”, diz.

Três pessoas foram presas em flagrante e encaminhadas à CPP – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Ele explica, ainda, que, apesar de ser vendido como álcool gel, a mistura era completamente irregular. “Eles compravam álcool 96 e misturavam água. Depois, vendiam como 70%, direto na fábrica”, relata.

A polícia apreendeu cerca de 800 litros de produtos adulterados na fábrica irregular. Na residência, onde funcionava a fábrica, duas pessoas foram presas em flagrante. Já no estabelecimento que, além de álcool adulterado, vendia ainda fogos de artifício de forma irregular, uma pessoa foi detida em flagrante.

Foram apreendidos cerca de 800 litros de produtos adulterados na fábrica irregular – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Todos foram conduzidos para a CPP e devem prestar depoimento ainda nesta terça-feira.

Leia também:

Fábrica clandestina de álcool gel é descoberta em Criciúma

Polícia Civil fecha fábrica clandestina e distribuidora de álcool gel em Joinville

Mais conteúdo sobre

Polícia