Polícia Civil usa drone em operação para prender suspeitos de tráfico no Meio-Oeste

Na quarta-feira (22), a Polícia Civil de Santa Cecília prendeu em flagrante um casal suspeito de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Durante a operação foi utilizado um protótipo de drone, veículo aéreo não tripulado, para monitorar as vias de acesso e possíveis rotas de fuga do local onde aconteceu a prisão. 

Divulgação/Polícia Civil/ND Oeste

Drone foi utilizado para monitorar o local alguns dias antes da operação

Esta foi a primeira vez em que um drone foi utilizado pela Polícia Civil no Estado. O equipamento de quatro hélices foi empregado alguns dias antes do cumprimento dos mandados para fazer o reconhecimento do local e ajudar os policiais a planejar a campana. “Quando adentramos no local, juntamente com o apoio da Polícia Militar, o indivíduo foi pego de surpresa”, afirma o Delegado Evandro Luiz Oliveira de Abreu, responsável pelo caso.  

A operação terminou com a apreensão de 77 gramas de crack, R$ 922 em dinheiro e um veículo que, segundo a polícia, seria utilizado para comprar a droga do fornecedor. A droga estava distribuída em sete pedaços com cerca de 10 gramas cada, além de uma embalagem contendo nove pedras prontas para a venda.  

Ainda segundo o delegado, além dos objetos ligados ao tráfico de drogas foram apreendidos um capacete, televisores e outros equipamentos eletrônicos. 

Drone

Abreu ressalta que o drone tem sido utilizado há anos pelo exército americano no Iraque e Afeganistão, na procura de terroristas e pode ser novamente adotado em futuras operações da Polícia Civil catarinense. “Pretendemos incorporar, aos poucos, em nossas ações. Reconhecemos que esse foi apenas o primeiro passo de uma longa caminhada”, finaliza.   

A operação contou com o apoio da Polícia Militar, do Ministério Público e do Judiciário.

Divulgação/Polícia Civil/ND Oeste

Câmera do drone registrou o momento em que os suspeitos foram presos

Polícia