Polícia cumpre diligências em casa onde João de Deus fazia atendimento espiritual

Equipes da Polícia Civil de Goiás estão neste momento fazendo diligências na Casa Dom Inácio de Loyola, local onde o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, realizava seus atendimentos espirituais. As investidas foram confirmadas pelo delegado-geral André Fernandes. Ele não confirma, no entanto, se há mandado de busca e apreensão para o recolhimento de provas no local.

As equipes da Polícia Civil chegaram por volta das 14h25, entraram no centro espiritual e estão em uma sala que seria usada como departamento administrativo do local.

A reportagem já tinha informação de que a Polícia Civil deveria cumprir mandados de busca e apreensão nas próximas horas em endereços ligados ao médium com o objetivo de esclarecer pontos contraditórios entre os depoimentos das vítimas e de João de Deus. Foram autorizados mais 20 mandados.

O advogado criminalista Alberto Toron, que atua na defesa de João de Deus, havia dito mais cedo que não tinha conhecimento dos mandados, mas ressaltou que as autoridades teriam “amplo acesso” a tudo que precisarem. “Não há o que esconder e vamos colaborar”, disse ao Broadcast Político.

(Renan Truffi, ABADIÂNIA (GO))

+

Notícias

Loading...