Polícia Federal flagra dois homens realizando pesca subaquática na reserva da Ilha do Arvoredo

Durante a revista, foram encontrados 43 quilos de peixes nobres indevidamente abatidos

Uma lancha de 19 pés foi encontrada pela Polícia Federal, Ibama e ICMBio, na quinta-feira (28), fundeada na reserva biológica marinha da Ilha do Arvoredo, com dois dos seus três tripulantes realizando pesca subaquática.  Durante a revista policial na embarcação, foram encontrados diversos petrechos de caça submarina, bem como caixa térmica com várias espécies já capturadas, atingindo o total de 43 quilos de peixes nobres indevidamente abatidos. A ação aconteceu por volta das 19h. 

Divulgação/PF/ND

Os peixes foram apreendidos dentro da embarcação

No momento da abordagem, foi determinado aos mergulhadores que se afastassem da pedra onde efetuavam a caça e nadassem em direção à embarcação policial, o que foi atendido por um deles. O outro tentou fugir, ficando por volta de meioa hora escondido entre as pedras, quando então foi localizado e preso.

Na sede do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal em Florianópolis, os três presos foram autuados e multados por fiscal do ICMBio, sendo, em seguida, levados para a sede da Superintendência da Polícia Federal, onde foram autuados em flagrante por prática do crime ambiental, estando sujeitos a uma pena de prisão de até 03 anos.

No dia anterior, durante a mesma operação, dois pescadores foram presos por pesca ilegal de arrasto na Baía Norte.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...