Polícia Federal prende dois homens com pornografia infantil em SC

Atualizado

Dois homens foram presos em flagrante em Santa Catarina, nesta quinta-feira (23), por portar e disponibilizar conteúdo de pornografia infantil. As prisões integram a Operação Nêmesis, deflagrada pela Polícia Federal, com o objetivo de reprimir a prática de crimes relacionados à pornografia infantil. Ao todo, estão sendo cumpridos 28 mandados de busca e apreensão em oito Estados.

Material apreendido com acusado de portar e disponibilizar conteúdo de pornografia infantil em Florianópolis – Polícia Federal/Divulgação/ND

Em Santa Catarina, os policiais cumpriram, pela manhã, mandados de busca e apreensão em Florianópolis, São Ludgero e Tubarão. Um homem de 43 anos foi preso na Capital e outro de 55 anos foi detido em Tubarão, ambos por posse e disponibilização de material contendo pornografia infantil. Em São Ludgero, os agentes apreenderam equipamentos de informática.

Leia também:

Os suspeitos irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de pornografia infantil previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Durante a operação nacional, cerca de 120 policiais federais participam das buscas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba, Sergipe e Maranhão.

A operação é realizada durante a semana do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que é 18 de maio.

O nome da operação faz referência à mitologia Grega, na qual Nêmesis simboliza a indignação pela injustiça. A deusa também representa a punição divina diante do comportamento desmedido dos mortais. Na mitologia, sua função essencial era restabelecer o equilíbrio quando a justiça não era praticada.

Mais conteúdo sobre

Polícia