Polícia já tem identidade e suspeita do motivo da morte de casal de haitianos em São José

Atualizado

A Polícia Civil já tem a identidade e a suspeita do que motivou a morte do casal de haitianos encontrado em um condomínio em São José, nesse domingo (1º). O caso aconteceu no bairro Real Parque.

Segundo o IGP (Instituto Geral de Perícias), as vítimas são Emmanuel Etienne e Brunetti Etienne Abraham, de 36 anos – até o momento, apenas a idade da mulher foi divulgada.

Casal foi encontrado sem vida no domingo (1º) – Foto: Arquivo/Willian Ricardo/ND

Na tarde desta segunda-feira (2), o delegado Manoel Galeno, da DIC (Divisão de Investigação Criminal), confirmou que a principal suspeita é de que o homem tenha assassinado a mulher, e depois cometido suicídio.

Segundo o delegado, o casal morava em São José há cerca de 3 meses e deixa dois filhos. O IGP confirmou que Brunetti morreu por esganadura.

O crime

A polícia foi acionada na manhã de domingo, após moradores encontrarem o corpo de um homem em um matagal. Policiais que atenderam a ocorrência foram informados que a vítima morava em um apartamento na região.

Os policiais, então, foram até a residência do homem. No local, encontraram a mulher no chão, com marcas roxas no pescoço. No momento do crime, os filhos do casal estariam com a tia, irmã de Brunetti.

Mais conteúdo sobre

Polícia