Polícia paraguaia invade casa de traficante brasileiro e apreende arsenal de guerra

Uma mansão do narcotraficante brasileiro Jarvis Chimenes Pavão, foi invadida pela polícia paraguaia na última sexta-feira (27) na cidade de Assunção, onde foram apreendidos um arsenal de guerra: 14 pistolas 9mm, 7 fuzis modelo AK-47, 250 munições calibre 9mm, 79 munições calibre .50, 800 munições calibre .40, 650 munições para fuzil calibre 7.62 X 39mm, 160 munições para fuzil calibre 5,7 X 28mm.

 No local foram capturados o brasileiro Bruno Henrique Reis de Oliveira, 35 (soldado da facção criminosa Comando Vermelho) e os paraguaios Diego Niz Pérez,28, e Rony Maximiliano Roman Ramirez, de 25. Todos pertencem a quadrilha de Pavão que está trancafiado no Paraguai.  

Fontes da policia paraguaia não descartam a possibilidade de que as armas seriam usadas para resgatar o traficante  que ganhará liberdade no mês de dezembro, onde será entregue as autoridades brasileiras para cumprir pena por crimes cometidos no Brasil. Pavão está condenado por tráfico de drogas pela comarca de Balneário Camboriú.

+

Notícias

Loading...

Polícia paraguaia invade casa de traficante brasileiro e apreende arsenal de guerra

Uma mansão do narcotraficante brasileiro Jarvis Chimenes Pavão, foi invadida pela polícia paraguaia na última sexta-feira (27) na cidade de Assunção, onde foram apreendidos um arsenal de guerra: 14 pistolas 9mm, 7 fuzis modelo AK-47, 250 munições calibre 9mm, 79 munições calibre .50, 800 munições calibre .40, 650 munições para fuzil calibre 7.62 X 39mm, 160 munições para fuzil calibre 5,7 X 28mm.

 No local foram capturados o brasileiro Bruno Henrique Reis de Oliveira, 35 (soldado da facção criminosa Comando Vermelho) e os paraguaios Diego Niz Pérez,28, e Rony Maximiliano Roman Ramirez, de 25. Todos pertencem a quadrilha de Pavão que está trancafiado no Paraguai.  

Fontes da policia paraguaia não descartam a possibilidade de que as armas seriam usadas para resgatar o traficante  que ganhará liberdade no mês de dezembro, onde será entregue as autoridades brasileiras para cumprir pena por crimes cometidos no Brasil. Pavão está condenado por tráfico de drogas pela comarca de Balneário Camboriú.

Loading...