Policial aposentado de SC e mulher são assassinados na Argentina

Um policial militar da reserva de Santa Catarina e sua mulher foram assassinados na cidade de Pozo Azul, em Misiones, na Argentina. Conforme a polícia local, Elio Pereira De Mattos, de 65 anos, e Inés Lima dos Santos, de 55, estavam em uma propriedade no interior do município, na localidade de Picada Diez, que fica próximo à fronteira com o Oeste catarinense. O último batalhão em que Elio foi lotado era de Dionísio Cerqueira.

Ainda segundo a polícia de Misiones, o filho do casal, de 31 anos, encontrou as vítimas por volta das 19h30, no quarto do imóvel. O homem informou que os dois já estavam sem vida – a mãe com marcas de disparos de arma de fogo na cabeça, e o pai com sinais de asfixia e cortes de arma branca. Os dois já estariam mortos há ao menos 48 horas, de acordo com a polícia.

Na casa, o filho também notou que o carro dos pais, um Nissan Tiida, não estava no local. O automóvel foi encontrado abandonado pela polícia de Misiones logo depois, na localidade de Dos Hermanas. O filho informou que Elio tinha uma arma de fogo, que não foi localizada. O casal estaria da cidade argentina a passeio.

Automóvel do casal foi levado, mas encontrado logo depois - Divulgação
Automóvel do casal foi levado, mas encontrado logo depois – Divulgação

Polícia