Policial leva mais de cem picadas ao tentar salvar homem de ataque de abelhas

Atualizado

Um policial militar foi atingido por mais de cem ferroadas de abelhas ao tentar resgatar um homem que estava sendo atacado pelos insetos, no Norte da Ilha. O caso ocorreu por volta das 7h30 desta quarta-feira (4), na SC-403, no bairro Ingleses.

Bombeiros fizeram uma “chuva artificial” para dispersar enxame de abelhas – Foto: Polícia Militar/Divulgação

O homem, que segundo o Corpo de Bombeiros Militar é morador de rua e tem cerca de 40 anos, teria levado mais de mil picadas. Ambos foram encaminhados à UPA Norte para atendimento.

Conforme o sargento Edilson João Francischina, do Corpo de Bombeiros Militar, o morador de rua entrou em um terreno baldio, esbarrou em uma árvore e foi atacado pelo enxame. Pessoas que passavam pelo local acionaram a viatura da Polícia Militar. Dois agentes tentaram resgatar o homem do terreno.

Leia também:

De acordo com o sargento Edilson, o policial que levou mais de cem picadas teria iniciado um processo alérgico e teve que ser encaminhado à unidade de saúde para ser medicado. Ele foi liberado na tarde de quarta-feira.

Resgate

Com equipamentos de proteção, os bombeiros conseguiram retirar o morador de rua do terreno.

“Fizemos uma chuva artificial para dispersar as abelhas e colocamos ele na maca da ambulância. Apesar da quantidade de picadas, o homem estava consciente e orientado”, contou o sargento.

Os bombeiros não souberam informar o estado de saúde da vítima.

Orientações

O sargento Edilson orienta à população que, caso encontre uma colmeia, não tente retirá-la ou atear foto nela. A recomendação é acionar o Corpo de Bombeiros Militar, no 193, ou a Polícia Militar Ambiental, no 190.

Após o atendimento, os agentes acionam apicultores da região, que fazem a coleta dos insetos e os conduzem a um local adequado.

Mais conteúdo sobre

Geral