Políticos catarinenses foram diplomados pelo TRE-SC na noite desta terça-feira

Os 64 políticos eleitos em Santa Catarina neste ano foram diplomados pelo TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral) na noite de ontem. Em cerimônia realizada no Tribunal de Justiça, em Florianópolis, cada eleito recebeu um certificado, que os credenciou e habilitou para o cumprimento dos mandatos políticos. Receberam o diploma o governador e a vice-governadora eleitos, os futuros senadores, deputados federais, deputados estaduais e os suplentes.

O presidente do TRE-SC, desembargador Ricardo Roesler, conduziu a cerimônia e, junto com os desembargadores do Tribunal, fez a entrega dos diplomas aos eleitos. Em seu discurso, ele ressaltou o desafio não só dos eleitos, mas das instituições do país e do Estado. “O valor de uma democracia não é medido em tempos de tranquilidade. Somente quando se põe à prova nossas crenças mais elementares é que podemos saber o quanto são caras. É, portanto, quando se mede o valor das nossas instituições. A crise de representatividade e confiança coletiva submeteu às instituições a uma espécie de auto de fé que nos conclama à reflexão”, afirmou.

Cerimônia de diplomação dos eleitos em 2018 - Marco Santiago/ND
Cerimônia de diplomação dos eleitos em 2018 – Marco Santiago/ND

O futuro governador Carlos Moisés (PSL) pediu a união de todos os eleitos para trabalhar “em defesa de Santa Catarina”. “Não há honra maior para um cidadão do que ser escolhido por seus pares para promover as mudanças que desejam ver transformadas em realidade. Para honrar a votação histórica que tivemos, nós faremos mudança”, afirmou Moisés.

O senador eleito Esperidião Amin (PP) discursou em nome dos senadores e suplentes eleitos. Segundo ele, o caminho para o “resgate” da democracia deverá ser pautado pelo governo do Estado com a rejeição do loteamento de cargos públicos, a promoção da meritocracia no serviço público e a mobilização dos resultados. “O voto que nos trouxe até aqui nos elege, legitima e responsabiliza. A democracia, que é o nosso sonho, passa por um momento grave no mundo e com reflexos no Brasil”, disse ele.

Ricardo Alba (PSL), deputado estadual mais votado nestas eleições, discursou em nome dos deputados estaduais eleitos. “Em outubro todos fomos partícipes de um recado dos catarinenses: o desejo de mudança. O cidadão catarinense quer e o Estado precisa de práticas políticas que façam as pessoas terem fé novamente em seus representantes. As pessoas pedem o básico de nós: que sejamos honestos, éticos e responsáveis. Fazemos parte de um novo momento político do país”, afirmou.

Política