Pomerode registra primeiro caso suspeito de febre amarela em humano

Atualizado

A cidade de Pomerode, a cidade mais alemã do país, registrou, nesta terça-feira (18), o primeiro caso suspeito de febre amarela em um ser humano. A Vigilância Epidemiológica aguarda apenas o resultado do exame para confirmar a doença.

Homem não tem registo de ter tomado a vacina contra a febre amarela – Foto: Agência Brasil

O caso foi verificado em um homem de 45 anos, morador do Alto da Serra e que trabalha no Centro de Pomerode. Ele procurou o Hospital e Maternidade Rio do Testo, na última segunda-feira (17), com diarreia. Ele foi medicado e liberado para voltar para casa.

No dia seguinte, o homem voltou ao hospital com dor no corpo, cefaleia, dor abdominal, oligúria (não conseguia urinar), falta de ar e sonolência. O paciente não possui registro de que tomou a vacina.

Não há como definir se o vírus foi contraído na cidade, uma vez que o paciente esteve em Blumenau há cerca de uma semana, onde um caso de febre amarela em humano foi confirmado na semana passada.

Leia também

Um homem de 26 anos, morador do Bairro Itoupava Central foi diagnosticado com a doença. Até agora, Pomerode havia registrado um caso confirmado de febre amarela em macaco. Foi no mês de janeiro.

Saúde