Por falta de recursos, ônibus elétrico da UFSC para de rodar

Atualizado

Desde o início do ano, o ônibus elétrico desenvolvido pela UFSC deixou de rodar.

O projeto do Grupo de Pesquisa Estratégica em Energia Solar da Universidade funcionou por três anos, em linhas gratuitas, no Bairro da Trindade até o Sapiens Parque, no Norte da Ilha.

Laboratório de Fotovoltaica da UFSC – Foto: Divulgação

O eBus foi o primeiro ônibus 100% elétrico do Brasil movido por energia solar, e não lançava gases poluentes no ar.

Leia também

Ele era financiado, no entanto, pelo Ministério da Ciência e Inovação. Porém, o contrato expirou em agosto de 2019, e a verba para dois motoristas e a manutenção do veículo deixou de existir.

Os pesquisadores fizeram, ainda, uma vaquinha virtual, conhecida como crowdfunding. Isso possibilitou que o projeto fosse mantido até o fim do ano.

Mais conteúdo sobre

Tecnologia