Portugueses donos de creche são acusados de abuso sexual de menores

Atualizado

Um casal de portugueses donos de creche são acusados de abuso sexual de menores. Na verdade a acusação recai sobre o homem, que tem 63 anos. A mulher, de 60 anos, foi detida também sob a acusação de não ter comunicado a autoridades a ação do seu marido. O caso vem sendo apurado pela Polícia da cidade de Toronto, no Canadá. Maria Alice e José Dias dirigiam há mais de 30 anos creches nas regiões de Caledonia Park Road e Davenport Road. São áreas conhecidas por abrigarem portugueses no Canadá.

Casal de portugueses é acusado de abuso sexual no Canadá – Foto: Polícia de Toronto

No dia 28 de maio José Dias foi detido sob a acusação de abusar sexualmente de uma menor de 16 anos. No dia 3 de junho apareceu uma segunda vítima do português fazendo o mesmo tipo de acusação. A Polícia canadense prendeu logo depois a mulher. Assim os dois estão sendo processados.

Ainda segundo informações da polícia canadense, o homem teria abusado sexualmente de uma criança de nove anos por diversas vezes entre os anos de 2017 e 2020. No mesmo período uma segunda criança, de 11 anos, também teria sido vítima do casal.

Casal português será ouvido pela Justiça

O que mais chama a atenção da polícia é o fato de os dois atuarem no ramo da educação há mais de 30 anos. Existem suspeitas de que outros casos de abuso possam ter acontecido antes que as vítimas tomassem coragem de prestar queixa.

Leia também:

Feto é encontrado em vala em Joinville 

A portuguesa será ouvida pela Justiça de Toronto no dia 10 de agosto. Três dias depois o marido dela deve ser ouvido. Como as fotos de ambos foram divulgadas, um forte esquema de segurança está sendo armado, pois existe o temor de que a população possa tentar agredir os lusitanos. Entretanto, eles terão amplo direito a defesa segundo a Justiça canadense.

Mais conteúdo sobre

Mundo