Possível ossada humana pré-histórica é encontrada em obra do elevado do Rio Tavares

Uma ossada humana, praticamente completa, foi encontrada nas obras do elevado do Rio Tavares, no Sul da Ilha de Santa Catarina, nesta quarta-feira (29). Segundo as primeiras análises e constatações de especialistas, a princípio essa ossada pertence a um homem adulto.

No local das obras existe um sítio arqueológico e apresenta terra mais escura, além de conchas. Neste espaço já foram encontradas, outras vezes, partes de esqueletos pelos funcionários da obra.

Local estava coberto por tapumes na manhã desta quinta-feira - RIC TV Record/Reprodução/ND
Local estava coberto por tapumes na manhã desta quinta-feira – RIC TV Record/Reprodução/ND

Os arqueólogos estiveram no local, na quinta-feira, e fizeram todo o trabalho seguindo as exigências do Iphan (Instituto Nacional de Patrimônio Histórico). Mais detalhes dessa ossada, inclusive o período em que aconteceu esse sepultamento, só deverão aparecer em cerca de seis meses. Todo o material foi levado para análise em um laboratório nos Estados Unidos, após testes do carbono 14 [para verificar a idade]. Especialistas da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) também acompanham a situação.

Os arqueólogos afirmam que a ossada já havia sido encontrada há cerca de 15 dias, porém estava sob sigilo. Como a notícia se espalhou nesta quarta-feira (29), os profissionais farão a retirada dos ossos, para evitar que alguém mexa no local.

Ossada encontrada nesta quarta-feira nas obras do elevado do Rio Tavares - Daniel Queiroz/ND
Ossada encontrada nesta quarta-feira nas obras do elevado do Rio Tavares – Daniel Queiroz/ND

Mais conteúdo sobre

Cidade