PPT prende suspeito de assaltar farmácias em Chapecó

Um homem de 18 anos foi preso e uma adolescente de 15 anos foi apreendida e conduzida à Central de Plantão Policial (CPP) para os procedimentos cabíveis

Divulgação/PM/ND Oeste

Na bolsa da vítima havia uma carteira com R$ 35,00, um perfume, um óculos de sol e uma bíblia

A Polícia Militar, através do Pelotão de Patrulhamento Tático – PPT, prendeu um indivíduo suspeito de assaltar farmácias em Chapecó.

A ação policial aconteceu na noite deste sábado (13), em patrulhamento na rua Rio de Janeiro, próximo à praça do colégio Zélia Scharf. Na ocasião, a Guarnição se deparou com um casal que estava com uma motocicleta caída na rua.

Quando os policiais foram verificar o que tinha acontecido com os ocupantes da moto, chegou uma adolescente de 16 anos falando que havia sido roubada e que os autores seriam os ocupantes da motocicleta. Ao ver a polícia, o casal pegou a moto e fugiu. Na rua 14 de Agosto com Sete de Setembro foram abordados.

A motocicleta, uma Honda NXR 150 Bros de cor branca, placa MEA-1666 de Chapecó, sem registro de furto, era conduzida por R.A.C. de 18 anos e na carona uma adolescente de 15 anos. Ele portava uma pistola tipo réplica, também usada em Air Soft, já a adolescente portava a bolsa roubada da vítima. Também estavam com duas toucas balaclava, usada para cobrir o rosto em roubos e um torrão de maconha. Esse objetos estava na bolsa da adolescente apreendida. Na bolsa da vítima havia uma carteira com R$ 35,00, um perfume, um óculos de sol e uma bíblia.

O homem de 18 anos foi preso, a adolescente de 15 anos foi apreendida e ambos foram encaminhados à Central de Plantão Policial (CPP) para os procedimentos cabíveis.

O indivíduo de 18 anos foi reconhecido/identificado como autor de dois roubos contra farmácias na tarde do último dia 10, uma no Jardim Itália e outra no Santo Antônio, tendo agido sozinho nesses crimes. Fecham todas as características, a mesma arma, a mesma motocicleta, nariz do autor que era bem visível pelo capacete e também uma mancha no braço esquerdo, uma tatuagem. Tudo isso agora, imagens, relatos, registros serão reduzidos a inquérito pela Polícia Civil, responsável pela investigação, para responsabilização dele por todos os crimes.

Segundo a PM o indivíduo possuía apenas registros por ameaça e lesão corporal.

Como a motocicleta usada no crime não possuía registro de furto/roubo, o autor também foi autuado administrativamente por conduzir sem CNH e não obedecer ordem de parada, sendo recolhida ao pátio de apreensões.

O caso ficou com a Polícia Civil.

Loading...