Grupo RIC distribui 30 mil sacolas biodegradáveis de lixo nas praias de Florianópolis

Campanha “Praia Boa é Praia Limpa” promove a conscientização ambiental e a preservação da natureza

Marco Santiago/ND

Angela Wille e o filho Alberto recebem sacolinhas

“Por menor que seja a ação, se ela é positiva e gera mudança, nós temos que reconhecê-la e valorizá-la”. É assim que a florianopolitana Angela Wille, 35, observa a campanha Praia Boa é Praia Limpa do Grupo RIC. A campanha está distribuindo durante o mês de janeiro 30 mil sacolas biodegradáveis em 10 praias de Florianópolis. No último sábado (23), a ação aconteceu nas praias Brava e Daniela, no Norte da Ilha. O intuito da campanha é incentivar o descarte correto do lixo e despertar a importância da preservação ambiental, contribuindo para que as praias da Capital sejam limpas e se mantenham ambientes agradáveis.

Este é o sexto ano consecutivo que o Grupo RIC promove a campanha Praia Boa é Praia Limpa. A cada temporada de verão Florianópolis recebe um número maior de turistas, e o aumento da quantidade de visitantes também faz crescer a quantidade de lixo produzido na cidade. E é justamente para orientar os turistas e moradores da Capital sobre a importância da destinação correta desses resíduos em balneários e praias que a campanha “Praia Boa é Praia Limpa” se faz pertinente na estação mais quente do ano.

“Infelizmente ainda vemos restos de comida e outros produtos descartados nas areias de algumas praias de Florianópolis. E isso acontece muito mais durante o verão. Temos que servir de exemplo para os turistas, por isso nós temos o costume de sempre levar a sacola para o lixinho para a praia”, complementa Angela Wille, acompanhada do filho Alberto, 4. “O pequeno tem essa consciência da importância de separa o lixo descartável do orgânico. É tudo questão de educação”, pontua a mãe.

As milhares de sacolas biodegradáveis da campanha Praia Boa é Praia Limpa foram distribuídas por promotores uniformizados nas praias da Joaquina, Mole, Campeche, Armação, Forte, Jurerê, Canasvieiras, Ingleses, Brava e Daniela. O projeto também integra uma campanha de mídia utilizando as plataformas de comunicação do Grupo RIC, com informações de conscientização, disponibilizando programetes, anúncios e mídia online de forma dinamizada. “Acho que o que falta é muitas pessoas perceberem que a preservação ambiental da Ilha está diretamente relacionada com a nossa economia local. Não dá para aproveitar uma praia suja e poluída”, conclui Bruno Paparelli, 27.

Saiba como funcionou o cronograma de distribuição das sacolas biodegradáveis da campanha “Praia Boa é Praia Limpa” em Florianópolis:

09/1 – Praia Joaquina e Praia Mole
10/1 – Praia do Campeche e Praia da Armação
16/1 – Praia do Forte e Jurerê
17/1 – Praia de Canasvieiras e Praia dos Ingleses
23/1 – Praia Brava e Praia Daniela

+

Novidades Grupo ND

Loading...