Prefeitura anuncia investimento de R$ 6 milhões para UTIs em Blumenau

Atualizado

A prefeitura de Blumenau vai investir R$ 6,1 milhões na criação de 15 novos leitos de UTI na cidade. A medida tinha sido adiantada pelo nd+ na semana passada, e nesta sexta-feira (22) o prefeito Mário Hildebrandt fez o anúncio durante live nas redes sociais.

No Hospital Santa Isabel serão aplicados R$ 3,5 milhões, permitindo a abertura de mais 10 leitos de terapia intensiva. O investimento compreende adequações de engenharia e estrutura física, além da aquisição dos equipamentos.

No Hospital Santa Isabel serão 10 novos leitos – Foto: HSI/Divulgação/ND

O Hospital Santo Antônio, por sua vez, vai receber os outros cinco leitos de UTI. Para isso, serão aplicados R$ 2,6 milhões em equipamentos e também em melhorias na estrutura física de todo o setor de atendimento intensivo.

Hospital Santo Antônio vai receber outros cinco leitos de UTI – Foto: HSA/Divulgação/ND

As obras e aquisições serão feitas com recursos enviados pelo Ministério da Saúde ao município de Blumenau, que, segundo a prefeitura, tem autonomia para definir a aplicação e optou por destinar à ampliação da estrutura dos dois hospitais.

Ajuda do governo do Estado

O município vai pedir ao governo do Estado que do lote de 500 respiradores comprados com a Weg, 15 sejam doados para Blumenau. Isso poderia diminuir um pouco os custos com a abertura dos novos leitos.

Além disso, a prefeitura pediu o compromisso do secretário de Estado da Saúde, André Motta, para a habilitação dos leitos junto ao Ministério da Saúde, para que o hospitais recebam recursos para mantê-los em funcionamento.

Leitos permanecem após a pandemia

Mesmo sendo hospitais filantrópicos e não pertencentes à prefeitura, Hildebrandt defende a necessidade de investir na rede já existente. Com isso,  os leitos permanecem disponíveis aos pacientes do SUS após a pandemia, como uma espécie de legado.

“O investimento em estruturas como estes leitos de UTI proporciona uma melhoria real e de longo prazo, que fica para a população”, pontua o chefe do Poder Executivo de Blumenau.

Leia também:

Leitos de UTI em Blumenau

Antes da pandemia, a cidade contava com 65 leitos de terapia intensiva para adultos. Para garantir que não faltaria estrutura para a comunidade em caso de avanço expressivo da Covid-19, mais 26 foram abertos, chegando a 91, atualmente.

Com os 15 novos propostos pela prefeitura, a capacidade de Blumenau chegará a 106. O número será quase o dobro de antes do coronavírus.

Vale ressaltar que estes leitos não são exclusivos para atender pacientes com o novo coronavírus. Além disso, recebem também pacientes de outras cidades da região, uma vez que Blumenau é referência em várias especialidades médicas.

Leia também

Mais conteúdo sobre

Saúde