Prefeitura de Florianópolis dá início a 13.000 testes rápidos para a Covid-19 nesta semana

Atualizado

A previsão, de acordo com a Prefeitura da Capital, é de que sejam testados em torno de 1.000 a 1.500 pacientes por semana – Divulgação/ND

Para ampliar o número de exames para o diagnóstico da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus na Capital, a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, começa, nesta segunda-feira (6) a realização de 500 testes rápidos e, também, o treinamento das equipes de coleta para exames de PCR (sigla em inglês para Reação em Cadeia da Polimerase). Ao todo, serão realizados 13 mil testes rápidos a partir desta semana. Foram adquiridos, ainda, 10 mil testes de PCR, segundo informações da administração municipal.

A previsão, de acordo com a prefeitura, é de que sejam testados em torno de 1.000 a 1.500 pacientes por semana. Em Florianópolis, são registrados, em média, 100 a 120 novos casos suspeitos por dia. No momento, a Secretaria Municipal de Saúde aguarda os resultados da testagem de cerca de 400 pessoas.

“É muito importante que possamos testar cada vez mais pessoas para o novo coronavírus, para descobrir quem está infectado, isolar esses pacientes, e, desta forma, continuar achatando a curva da disseminação da doença Covid-19 em nossa cidade. Estamos tomando as medidas necessárias para atingirmos este objetivo e eu reforço o pedido de que a população continue em casa. Estamos trabalhando, amparados pela inteligência em saúde, para que possamos ter medidas seguras para a população começar a retomar a sua rotina normal, em segurança, sem risco de contágio”, afirma o prefeito de Florianópolis.

Mais 150 mil testes para a população

A testagem em massa da população para a Covid-19 vai auxiliar no controle da enfermidade, já que os casos suspeitos e positivos estarão isolados da população saudável. Essa mesma ação foi adotada com sucesso na Coréia do Sul, que, em comparação com outros países, apresenta atualmente, uma baixa taxa no surgimento de novos casos. O país estava no epicentro da pandemia e com essa medida, conseguiu desacelerar a curva do contágio através testagem em massa para identificação da doença, mesmo nos casos de pessoas que apresentavam sintomas leves. A medida foi combinada com outras ações, como a do distanciamento social e geral e

Serão comprados, gradativamente, 150 mil testes para o novo coronavírus, que vão testar 20% da população da cidade. Os testes serão feitos em momentos diferentes da doença, avaliando os sintomas dos pacientes, podendo inclusive, ser feita testagem já na hora da consulta.

“Nós adotamos alguns critérios para compra dos testes.  Um dos critérios é o melhor preço, seguidos de melhor prazo de entrega, e tipo e qualidade dos testes. Alguns deles mostraram ineficácia, e nossa equipe técnica tem avaliado todos os resultados desenvolvidos para compra do melhor produto. O último critério é o registro da ANVISA”, acrescenta o prefeito.

Para diminuir o risco de diagnóstico falho, a prefeitura estipulou novos padrões para identificação, e testagem dos casos suspeitos e de quem teve contato próximo. Além da testagem o órgão já começou a avisar a comunidade, por SMS,  em um raio de até 200 metros de distância, se há algum caso confirmado da doença. A ação pretende fazer com que as pessoas intensifiquem a higienização dos ambientes e outros cuidados. Também são avisadas as pessoas que estão no grupo de risco, como os idosos, por exemplo.

“Os mecanismos tradicionais de controle de epidemia e investigação se baseiam em entrevista e monitoramento continuo. Esse controle epidemiológico é muito difícil de maneira artesanal.  O software dá um suporte no processo investigativo, demonstrando quem são as pessoas confirmadas e seus contatos, além de monitorar se a pessoa está ficando em casa, seguindo o isolamento”, explica o gerente de inteligência e informação da Secretaria de Saúde de Florianópolis.

Tipos de testes que chegarão à Capital

Teste de PCR

De acordo com os critérios clínicos, o teste de PCR (sigla em inglês para Reação em Cadeia da Polimerase) será aplicado nos indivíduos que estiverem no estágio inicial da doença, especificamente até o quinto dia de apresentação dos primeiros sintomas, especificamente. O PCR é um teste de biologia molecular que detecta a Covid-19 através da identificação do material genético do Coronavírus. A aplicação do mesmo é feita por meio da aplicação de um cotonete na garganta do paciente. Após a coleta, o material é congelado a menos de 70 graus, é acondicionado é enviado para o laboratório. O resultado será conhecido em até 4 dias.

Teste de Anticorpos ou Teste Rápido

O teste de anticorpo ou teste rápido, como é chamado, é eficiente para detecção da Covid-19, a partir do sétimo dia de surgimento dos primeiros sintomas, já que nesta fase, é possível detectar os anticorpos que o organismo humano produz naturalmente contra o vírus, em caso positivo. A testagem rápida é aplicada por meio da coleta de uma gota de sangue do paciente, a exemplo dos testes de hepatite e HIV. O resultado, positivo ou negativo para a doença é conhecido dentro de 15 a 30 minutos.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

Prefeitura de Florianópolis