Prefeitura de São José amplia investimentos na saúde da população

Atualizado

Com uma população de mais de 242 mil pessoas estimadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), São José é a quarta cidade mais populosa de Santa Catarina e a 118ª do Brasil. O último censo realizado pela instituição, em 2010, apontou que 209.804 pessoas moravam na cidade.  O IDHM (índice de Desenvolvimento Humano Municipal), que avalia quais os melhores municípios para se viver, era de 0,809 em 2013 na cidade, bem acima da média nacional de 0,727, o que colocou São José entre as 21 cidades brasileiras com índice acima da média, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas). Já no ranking estadual, São José atingiu a posição de quarta melhor cidade de Santa Catarina, atrás apenas de Florianópolis, Balneário Camboriú e Joaçaba, de acordo com o levantamento.

Policlínica de Barreiros é uma das obras já entregues pela Prefeitura de São José e teve investimento de R$ 2 milhões – Picasa/ND

Para acompanhar esse crescimento demográfico e desenvolvimento, a Prefeitura de São José investe na qualidade de vida e prioriza a saúde da comunidade. Desde 2013, quando teve início a gestão da prefeita Adeliana Dal Pont, foram aplicados cerca de R$ 21 milhões somente na área de infraestrutura da saúde, além da contratação de pessoal para atuar nas unidades básicas. “Quando assumimos a prefeitura, São José não abria uma nova unidade de saúde há dez anos. O município cresce a cada ano e precisamos acompanhar essa demanda, oferecer suporte às novas necessidades da população”, afirma Adeliana.

Nos últimos seis anos, foram entregues seis novas unidades de saúde – duas policlínicas e quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Isso representa um investimento de cerca de R$ 16,2 milhões em obras já entregues, de acordo com o Município. Somente na Policlínica Forquilhinha/UPA 24 Horas foram investidos mais de R$ 11 milhões, destes, R$ 9 milhões de recursos próprios. Em relação às reformas, oito unidades de saúde já passaram por obras para melhorar a infraestrutura e garantir mais conforto aos servidores e pacientes, por meio de investimentos que somam R$ 1,3 milhão.

Há ainda mais três unidades em construção, no valor de R$ 3,5 milhões. A abertura destas novas UBSs permitirá ao Município reorganizar os territórios e melhorar o fluxo de atendimento à comunidade. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, em abril de 2016, a cobertura de Saúde da Família em São José era de 56% e hoje este percentual subiu para 72%. Com o funcionamento das novas unidades e a ampliação das equipes, a meta é chegar a 100% de cobertura.

Destaque nacional

UPA Forquilhinha foi escolhida como uma das cinco unidades referência no país pelo Ministério da Saúde e indicada para participar de um projeto em parceria com o Hospital Sírio Libanês – Divulgação

A UPA Forquilhinha, inaugurada em 2017, é uma obra que se destaca em meio às iniciativas implantadas em São José. Em seu primeiro ano de funcionamento, a unidade de saúde foi habilitada e qualificada pelo Ministério da Saúde. Desde então, foi escolhida como uma das cinco unidades referência no país (entre cerca de 600 UPAs) e indicada para participar de um projeto em parceria com o Hospital Sírio Libanês. Este reconhecimento ocorre por três fatores, de acordo com a Prefeitura: uma equipe de gestão competente e estruturada, uma equipe operacional comprometida e o suporte da Secretaria Municipal de Saúde que contribui com metas e processos de gestão, implementação de fluxos, de rotinas e auditorias freqüentes.

Ao ser habilitada pelo governo federal, a UPA 24 horas da Forquilhinha pactuou a realização de 9.000 atendimentos por mês. A unidade tem superado este número e já atendeu, em um único mês, mais de 11 mil pessoas.

De acordo com a Secretaria de Saúde de São José, a maior parte dos pacientes que procuram a UPA é do sexo masculino (56,26%). Mais de 30% dos pacientes da unidade são crianças (32,01%) e mais de 10% idosos (11,61%). Quanto ao local de origem dos pacientes, o maior volume é de moradores de São José (91,39%), mas cerca de 8% dos usuários vem de outras localidades. A unidade conta ainda com um setor de qualidade que realiza uma pesquisa de satisfação, sendo que o índice de satisfação é de cerca de 96%.

Inovação aumenta agilidade nos atendimentos

Com o objetivo de aumentar a eficiência nos atendimentos e reduzir o número de faltas nas consultas e exames agendados nas unidades básicas de saúde de São José, um dos problemas que afetam também outras cidades e unidades de saúde do próprio Estado, a prefeitura inovou e modernizou o processo de confirmação destes atendimentos, por meio do Whatsapp.

Unidade básica do Bela Vista teve redução de 90% nas faltas em consultas e exames agendados após modernizar sistema de confirmação dos agendamentos por meio do Whatsapp – Divulgação

Dados do município apontam que a partir da criação de um projeto-piloto, realizado na unidade básica de saúde Bela Vista, os resultados foram significativos. Antes, uma equipe de quatro servidores da UBS ficava responsável por entrar em contato com os pacientes pelo telefone. Em uma hora de ligações, a equipe de quatro servidores conseguia contatar 17 pessoas. Agora, por meio do aplicativo, um profissional, em uma hora, notifica 70 pacientes com exame ou consulta médica agendada e já solicita a confirmação para a presença destes nos agendamentos.

Apesar de ainda estar em fase de implementação, a medida já reduziu em 90% o número de faltantes. Em janeiro de 2019, o número de ausências registradas na UBS Bela Vista foi de 354. Com a implantação do projeto, em fevereiro, esse número passou para 39 faltas em março. Em média, houve uma redução em 90% no número de ausência dos pacientes, já que a mensagem enviada pelo celular flexibiliza o horário de confirmação. Outro benefício é que a mudança permitiu que os aparelhos telefônicos da unidade fiquem disponíveis para outras situações.

“Os pacientes podem agora confirmar seus horários com antecedência e quando tiverem disponibilidade, o que tem garantido presença nas consultas e exames. A intenção é ampliar e garantir atendimento de qualidade aos josefenses”, ressalta a prefeita Adeliana Dal Pont.

Além do Bela Vista, a Policlínica de Campinas e as unidades básicas de saúde de Areias, Barreiros, Bela Vista, Fazenda, Forquilhas, Forquilhinha, Ipiranga, Luar, Sertão e Zanellato já realizam a confirmação nos exames e consultas por meio de uma mensagem padrão que notifica o paciente com antecedência de quando precisa comparecer e quais documentos necessita levar consigo. Nas demais unidades o serviço estará implantado até setembro deste ano.

 Números da UPA Forquilhinha (referência mês de maio):

Total de atendimentos – 11.005

Atendimento pediátrico – 3.631

Atendimento Clínico – 6.942

Atendimento Odontológico – 432

Exames – a unidade conta com os serviços de exames laboratoriais e de imagem (raio-X) para a realização de diagnósticos

Exames de laboratório – 1.845/mês

Exames de Raio-X – 1.571/mês

Secretaria de Saúde investe na modernização do sistema de gestão das farmácias do Município

Uma novidade será a identificação em tempo real do estoque de medicamentos nas unidades de saúde

Obras das Unidades Básicas de Saúde

Entregues

– Policlínica de Barreiros – R$ 2 milhões

– Policlínica Forquilhinha/UPA 24 Horas – R$ 11 milhões

– UBS São Luiz – R$ 700 mil

– UBS Ceniro Martins R$ 868 mil

– UBS Potecas – R$ 954 mil

– UBS Vista Bela – R$ 730 mil

Em andamento

UBS Serraria (Araucária) – R$ 1,5 milhão

UBS Vila Formosa – R$ 1,1 milhão

UBS Real Parque – R$ 884 mil

Unidades reformadas

UBS Forquilhinha – R$ 360 mil

UBS Sertão do Maruim – R$ 130 mil

UBS Sede (Centro Histórico) – R$ 130 mil

UBS Zanellato – R$ 77 mil

UBS Morar Bem – R$ 128 mil

UBS Barreiros – R$ 194 mil

UBS Forquilhas – R$ R$ 163 mil

UBS Procasa – R$ 137 mil

Prefeitura de São José – Saúde

Bairro São Luiz recebeu uma nova unidade básica de saúde, com investimento de R$ 700 mil - Picasa/ND

Bairro São Luiz recebeu uma nova unidade básica de saúde, com investimento de R$ 700 mil - Picasa/ND

Unidade Básica de Saúde do bairro Forquilhinha foi reformada e teve investimento de R$ 360 mil - Divulgação

Unidade Básica de Saúde do bairro Forquilhinha foi reformada e teve investimento de R$ 360 mil - Divulgação

Unidade básica de saúde do bairro Serraria (Araucária) está em construção e teve recursos aplicados de R$ 1,5 milhão - Divulgação

Unidade básica de saúde do bairro Serraria (Araucária) está em construção e teve recursos aplicados de R$ 1,5 milhão - Divulgação

 Unidade Básica de Saúde do Real Parque é construída no momento, com um investimento de R$ 884 mil - Divulgação

Unidade Básica de Saúde do Real Parque é construída no momento, com um investimento de R$ 884 mil - Divulgação

O bairro Ceniro Martins ganhou uma nova unidade básica de saúde . - Divulgação

O bairro Ceniro Martins ganhou uma nova unidade básica de saúde . - Divulgação

Unidade básica do Bela Vista teve redução de 90% nas faltas em consultas e exames agendados após modernizar sistema de confirmação dos agendamentos por meio do Whatsapp - Divulgação

Unidade básica do Bela Vista teve redução de 90% nas faltas em consultas e exames agendados após modernizar sistema de confirmação dos agendamentos por meio do Whatsapp - Divulgação

UPA Forquilhinha foi escolhida como uma das cinco unidades referência no país pelo Ministério da Saúde e indicada para participar de um projeto em parceria com o Hospital Sírio Libanês - Divulgação

UPA Forquilhinha foi escolhida como uma das cinco unidades referência no país pelo Ministério da Saúde e indicada para participar de um projeto em parceria com o Hospital Sírio Libanês - Divulgação

Policlínica de Barreiros é uma das obras já entregues pela Prefeitura de São José e teve investimento de R$ 2 milhões - Picasa/ND

Policlínica de Barreiros é uma das obras já entregues pela Prefeitura de São José e teve investimento de R$ 2 milhões - Picasa/ND

Prefeitura de São José