Presidente do PSL é alvo de operação da Polícia Federal

Atualizado

A PF (Polícia Federal) cumpre nove mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (15) para apurar possível prática de crimes eleitorais. O deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE), presidente nacional do PSL, está entre os alvos.

Os mandados foram expedidos pelo TRE-PE (Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco). A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Deputado federal Luciano Bivar está entre os alvos da Operação Guinhol – Foto: Agência Senado/Divulgação/ND

As investigações apontam que representantes locais de um partido político teriam “ocultado/disfarçado/omitido” movimentações de recursos financeiros vindos do Fundo Partidário.

As autoridades buscam entender se o dinheiro do Fundo Partidário teria sido usado para candidatura de mulheres de forma fictícia, em Pernambuco, com o objetivo de desvio, para que fosse aplicado onde o partido e gestores decidissem.

Operação Guinhol

O nome da operação, Guinhol, faz referência a uma marionete, personagem do teatro de fantoches criado no século 19, “diante da possibilidade de candidatas terem sido utilizadas exclusivamente para movimentar transações financeiras escusas”.

Mais conteúdo sobre

Política