PRF aborda andarilho na BR-101 e constata que se tratava de um desaparecido

Atualizado

Nessa quinta-feira (19), policiais rodoviários federais abordaram, por volta das 15h, um andarilho de 26 anos que caminhava na BR -101 sobre a faixa de rolamento, em Palhoça, correndo risco de ser atropelado.

Andarilho foi encaminhado para uma clínica de tratamento psiquiátrico em São José, onde será submetido a tratamento – PRF/Divulgação/ND

Os policiais solicitaram ao andarilho que fosse para a marginal e constataram que ele é usuário de drogas, veio caminhando de Jundiaí para Florianópolis, onde passou alguns dias, e estava indo a pé para Porto Alegre. Ele foi dado como desaparecido há mais de três meses pela família.

Leia também:

Os agentes rodoviários conseguiram o telefone de parentes do homem em Jundiaí (SP) e conversaram com eles. Os policiais também acionaram o Samu e a ambulância da Autopista Litoral Sul.

O andarilho concordou em ser levado para uma clínica psiquiátrica em São José, onde será submetido a um tratamento. A família informou que virá à cidade para se encontrar com o jovem.

Mais conteúdo sobre

Polícia