Prima de Raíssa diz que adolescente suspeito tentou feri-la com tesoura

O adolescente de 12 anos, suspeito de ter matado Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, já teria agredido uma prima da menina. Em entrevista à Record TV, a garota contou que quase perdeu a visão após a suposta agressão do adolescente. De acordo com o relato, foi utilizada uma tesoura, que quase feriu o olho da menina.

Raíssa foi vista pela última vez ao lado do garoto de 12 anos, que teria agredido a prima dela – Foto: Reprodução/Record TV

“Estávamos fazendo uma atividade e ele estava do meu lado, a professora chamou a atenção dele porque ele estava brigando com o menino e aí ele estava com a tesoura, que a gente tava recortando revistinhas. Aí ele veio com a tesoura aqui do lado do meu olho”, disse a menina.

Raíssa foi encontrada morta, presa numa árvore, no último domingo (29). O corpo da menina estava no Parque Municipal Anhanguera, na Zona Norte de São Paulo. O adolescente é o principal suspeito e teria inclusive confessado o crime. A polícia, no entanto, segue investigando.

Leia também

Mais conteúdo sobre

Polícia